G1 Mundo

EUA sobem tom e acusam Rússia de ‘crimes contra a humanidade’ pela primeira vez

today18 de fevereiro de 2023 9

Fundo
share close

A afirmação, inédita, foi feita pela vice-presidente dos EUA, Kamala Harris , durante a Conferência de Segurança de Munique, encontro que reúne dezenas de chefes de governo na cidade alemã neste fim de semana.

“Examinamos as provas, conhecemos as normas legais e não há dúvida de que se trata de crimes contra a humanidade”, disse.

Para comprovar sua tese, Harris citou os seguintes casos, que segundo Washington, foram cometidos por militares russos na Ucrânia:



  • Execuções sumárias;
  • Tortura;
  • Estupro;
  • “Transferência” de centenas de milhares de civis ucranianos para a Rússia, sem o consentimento deles.

“Afirmo a todos os que perpetraram esses crimes e a seus superiores ou cúmplices: vocês responderão por eles”, acrescentou Kamala Harris.

O Kremlin ainda não havia respondido às acusações até a última atualização desta notícia.

Esta foi a primeira vez que os Estados Unidos acusam abertamente a Rússia de ter cometido crimes de guerra e crimes contra a humanidade na Ucrânia desde a invasão russa, que completa um ano na semana que vem.

A vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, discursa na conferência de segurança de Munique, na Alemanha, em 18 de fevereiro de 2023. — Foto: Michael Probst/ AP

A fala indica um movimento mais agressivo de Washington na guerra. Há meses, representantes do governo russo vêm alertado de uma interferência do Ocidente, encabeçada pelos EUA, e ameaça retaliações.

O chefe da diplomacia americana, Antony Blinken, que também participa da conferência em Munique, respaldou a tese de Harris e falou de um “ataque generalizado e sistemático do Kremlin contra a população civil na Ucrânia“.

Blinken afirmou ainda que, ao utilizar a classificação de crimes contra a humanidade, os Estados Unidos comprometem-se a ajudar para que o governo e as forças russos “prestem contas dos seus atos” perante a Justiça.

“Não pode haver impunidade para esses crimes”, conclui Blinken.

Corpos de civis são abandonados em ruas da cidade de Bucha, na Ucrânia

Corpos de civis são abandonados em ruas da cidade de Bucha, na Ucrânia

Desde o início da invasão, os Estados Unidos documentaram ou catalogaram mais de 30.600 casos de crimes de guerra cometidos por forças russas na Ucrânia, disse o Departamento de Estado dos EUA.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

duas-pessoas-sao-retiradas-vivas-dos-escombros-12-dias-apos-terremoto-na-turquia;-veja-video

G1 Mundo

Duas pessoas são retiradas vivas dos escombros 12 dias após terremoto na Turquia; veja vídeo

Número de mortos no desastre passa de 46 mil. Uma criança da mesma família também foi retirada com vida, mas morreu posteriormente por desidratação. Três pessoas são retiradas com vida dos escombros 12 dias após terremoto na Turquia Três pessoas, incluindo uma criança, foram retirados com vida dos escombros de um prédio na cidade de Hatay, no sul da Turquia, neste sábado (18), 296 horas após o terremoto, informou a […]

today18 de fevereiro de 2023 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%