G1 Santos

Ex-candidato a vereador que humilhou agente de trânsito é investigado por violência doméstica e tem arsenal apreendido no litoral de SP

today17 de junho de 2023 8

Fundo
share close

Segundo a Polícia Civil, a equipe dirigiu-se ao imóvel do ex-candidato a vereador para cumprimento de mandado de busca e apreensão domiciliar, na última quarta-feira (14). A medida foi tomada em decorrência de investigações sobre os crimes de violência doméstica e psicológica, injúria e ameaça praticados por ele contra a esposa em 5 de junho.

No endereço, os policiais foram recebidos pelo investigado, que acompanhou as buscas pelo imóvel. Em um cofre localizado no closet do quarto principal, os policiais encontrara duas pistolas, dois fuzis e duas espingardas, que foram apreendidos.

Ex-candidato a vereador do Santos é investigado por violência doméstica contra a mulher, e policiais encontram arsenal de armamentos grossos na casa dele — Foto: Polícia Civil/Divulgação



Além disso, os policiais apreenderam 677 munições de diversos calibres, 1.317 cápsulas deflagradas, 4.509 projéteis para recarga e 320 pontas de chumbo.

De acordo com a polícia, o autor exibiu documentação de registro das armas e de autorizações de trânsito de produtos controlados, alegando ser colecionador. Apesar disso, todos os objetos foram encaminhados ao Instituto de Criminalística (IC) para exame pericial.

Em nota, a advogada Yara Cristina Raizer Guimarães disse que seu cliente foi surpreendido após retornar de uma viagem ao interior pela ex-companheira, que abandonou a casa, foi para outro apartamento dele e passou a pedir que Luiz Wanderley Martins Junior saísse da residência.

Segundo Yara, o ex-casal conversava até o dia da busca e apreensão das armas de maneira amistosa e tranquila de como realizar a separação. No dia do registro do boletim de ocorrência (BO), em 5 de junho, a vítima pediu para ir ao encontro do acusado que estava na farmácia.

De acordo com a defesa, a mulher foi até o estabelecimento, fazer compras no local na companhia dele, e no dia da apreensão no apartamento também haviam combinado de se encontrar, como já haviam feito durante os dias de separação.

A advogada afirmou que há gravação de todos os encontros durante o período de separação e posteriores ao boletim de ocorrência em que o acusado ainda não tinha conhecimento da lavratura desse, mas que sua realização já era esperada por ele devido às ameaças que eram feitas para que saísse do apartamento antes que fosse feita a dissolução de união estável e partilha na esfera cível.

Em relação as armas, ela diz que ele é Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador (CAC), é associado da academia de tiro Cubas em Santos. “Sempre utilizou as armas de forma responsável, nunca utilizou elas contra ninguém, tanto que não consta no boletim de ocorrência nenhum tipo de ameaça a vítima com arma de fogo, apenas uma declaração da vítima que o ex-companheiro possuía em casa armas de fogo ilegais”.

Ainda de acordo com a advogada, as armas eram utilizadas apenas para treino e estão todas regularizadas, tendo o acusado a autorização CAC e o recadastramento da Polícia Federal exigido esse ano. Ela ainda fiz que o cliente repudia a acusação feita e esclarece que todas as armas são regularizadas de acordo com a previsão legal e nunca foram utilizadas de forma irresponsável.

Agente de trânsito foi humilhado por candidato a vereador de Santos, SP — Foto: Reprodução

Luiz Wanderley Martins Junior, que em 2020 foi candidato a vereador da cidade pelo partido Democracia Cristã (DC), humilhou um agente de trânsito da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) após ser multado por usar o celular ao volante.

O candidato a vereador gravou a ação. Nas imagens, é possível notar que, apesar das agressões verbais e do desacato, o agente tenta se afastar, mas continua a ser seguido pelo autor do vídeo (veja abaixo).

Agente de trânsito é humilhado após aplicar multa em candidato a vereador de Santos, SP

Agente de trânsito é humilhado após aplicar multa em candidato a vereador de Santos, SP

O caso aconteceu em 25 de outubro de 2020, e rapidamente viralizou nas redes sociais, compartilhado principalmente via aplicativos de mensagens.

Na época, o agente de trânsito conversou com o g1, mas preferiu não se identificar, afirmando que estava em estado de choque com a repercussão do vídeo.

Naquele dia, ele foi designado para trabalhar no posto em frente ao Mercado do Peixe, na Ponta da Praia, para auxiliar no fluxo do trânsito na fila de entrada do local. Por volta das 14h15, um carro de luxo passou pela avenida com as janelas abertas. Dentro, estava o motorista usando celular ao volante.

“O condutor estava segurando um celular e eu vi. E ele me viu também, tanto é que ficou gritando ‘foi sem querer’, ‘desculpa aí’, alguma coisa assim, e foi embora”, conta o agente de trânsito. “Como minha função também é fiscalização, fiz a autuação do veículo e continuei no meu posto”, disse o agente.

Nas imagens, é possível ver que o agente de trânsito tenta sair de perto do agressor, mas é seguido enquanto continua sendo ofendido.

“Mais um bost* da CET aqui, só tá dando multa pras pessoas que estão vindo aqui na avenida portuária, essa bost*. Tá aqui esse irregular, esse trouxa, fica com papel e caneta, não sabe trabalhar. A CET tem que dar apito na mão desses otários. […] Aí esse otário que tem ali, um p*u no c*, esse otário que fica aqui, ao invés de trabalhar (sic)”

Na época do caso, o candidato confirmou que era o autor do vídeo e limitou-se a não comentar sobre o assunto.

Luiz Wanderley Martins Junior, candidato a vereador pelo Democracia Cristã, gravou vídeo humilhando agente de trânsito. — Foto: Divulgação

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

‘pablo-escobar-brasileiro’-e-extraditado-de-hungria-para-belgica

G1 Mundo

‘Pablo Escobar brasileiro’ é extraditado de Hungria para Bélgica

Sérgio Roberto de Carvalho, o traficante conhecido como "Pablo Escobar brasileiro", apontado pela Interpol como o líder de uma grande organização de tráfico de cocaína para a Europa, foi extraditado da Hungria para a Bélgica, anunciaram as autoridades húngaras nesta sexta-feira (16). Considerado um dos criminosos mais perigosos do mundo, o ex-major da PM de Mato Grosso do Sul, Sérgio Roberto de Carvalho, foi entregue à Bélgica na quinta-feira (15), […]

today16 de junho de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%