G1 Mundo

Extrema direita protesta contra evento de drag queens que não existia

today11 de março de 2023 3

Fundo
share close

Cerca de 200 pessoas compareceram em frente ao pub The Great Exhibition, que estava vazio, para protestar contra um evento que não existia.

O grupo Turning Point UK (ponto de virada, em inglês) organizou um protesto contra uma apresentação que estava listada por engano no site do pub, mas que nunca chegou a ser organizada.

O evento seria parte de uma série de apresentações para famílias chamadas Drag Storytime, em que as drag queens contavam histórias infantis.



No entanto, a empresa CLIP, que organizava a série de apresentações, havia parado de fazer os shows em julho de 2022.

O evento contra o qual os militantes protestavam neste ano nunca chegou nem a ser marcado.

O pub — que recebeu o Drag Storytime em 2022 — informou que a apresentação estava indicada no site porque a casa não tinha ainda feito a atualização da página. Mas quem clicasse no link do evento era redirecionado para o site do CLIP, que explicava que as apresentações do Drag Storytime já não aconteciam mais.

Apesar do protesto ter acontecido em frente a um pub vazio, o grupo Turning Point disse que estava “muito feliz com o resultado” da manifestação.

E mesmo com a inexistência do evento, um grupo de manifestantes contra o racismo, apoiado por defensores locais da causa LGBT, organizou uma manifestação no mesmo local para protestar contra o preconceito.

Um representante do pub disse que está comprometido a oferecer eventos “mágicos, divertidos, inclusivos e apropriados”.

“Eles parecerem estar protestando contra um evento do Drag Storytime, que aconteceu em julho de 2022”, disse a casa em um comunicado.

“Embora o Drag Storytime tenha sido um grande sucesso no ano passado e trazido muita alegria para pais e crianças, não há e nem nunca houve um evento da série marcado para esta sexta.”

A CLIP afirmou que, como outras correntes de teatro e apresentação, existem diferentes tipos de shows de drag queen para diferentes públicos.

“Drag como uma forma de arte é um fenômeno cultural consagrado no léxico do teatro britânico desde as primeiras peças de paixão e de Shakespeare até Dame Edna Everage”, afirmou a entidade.

“A performance drag faz parte de nossa herança desde 1500. Assim como todas as performances, existem, dentro do gênero, diferentes tipos de conteúdo criados para diferentes faixas etárias, isso vale para todas as formas de arte.”




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ataque-na-alemanha:-policia-conversou-com-atirador-semanas-antes-do-atentado

G1 Mundo

Ataque na Alemanha: polícia conversou com atirador semanas antes do atentado

O homem que matou na quinta-feira (09) sete pessoas a tiros em Hamburgo, na Alemanha, foi visitado pela polícia no mês passado depois que uma denúncia levantou preocupações sobre sua saúde mental. Identificado apenas como Philipp F., de 35 anos, o atirador tinha uma arma licenciada para fins esportivos. Nesta sexta-feira (10), o chefe da polícia de Hamburgo, Ralf Martin Meyer, disse que os policiais procuraram o homem em fevereiro […]

today11 de março de 2023 19

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%