Destaques

Franklin Graham envia aviões com suprimentos para o Rio Grande do Sul

today16 de maio de 2024 7

Fundo
share close

A organização humanitária Samaritan’s Purse, liderada por Franklin Graham, está se mobilizando para ajudar as vítimas da enchente histórica que devastou o Rio Grande do Sul. Segundo a missão, dois aviões foram enviados para transportar suprimentos essenciais, incluindo sistemas de filtragem de água, kits de higiene e luzes solares.

A Samaritan’s Purse também disponibilizou dez sistemas comunitários de filtragem de água, capazes de fornecer água potável para até 10.000 pessoas por dia.

A Equipe de Resposta de Assistência a Desastres da organização já está em Porto Alegre, em colaboração com as autoridades locais e igrejas da região, para preparar uma ação humanitária eficaz.

Em relação às enchentes no estado, o último boletim da Defesa Civil reportou números preocupantes. Infelizmente, temos 107 mortes confirmadas, 374 feridos e 136 moradores ainda desaparecidos devido às inundações.

Além disso, mais de 200 mil gaúchos estão desabrigados em 425 cidades atingidas, afetando mais de 1,4 milhões de pessoas.



A situação é grave, com a população enfrentando escassez de água, energia elétrica, alimentos e sinal de internet. Mais de 750 mil imóveis estão sem abastecimento de água no Rio Grande do Sul, de acordo com os relatórios da Defesa Civil.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Destaques.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ex-prostituta-testemunha-encontro-com-jesus-e-libertacao

Destaques

Ex-prostituta testemunha encontro com Jesus e libertação

Joseli de Souza, uma copeira hospitalar, relata uma infância marcada pelo sofrimento e abuso familiar. Abandonada pela mãe ao nascer, foi criada pela avó, que a agredia constantemente. “As pessoas chegaram a pagar minha avó para não me bater,” conta Joseli, ressaltando o impacto profundo dessa violência em sua vida. Aos 12 anos, Joseli foi para Feira de Santana, na Bahia, onde sofreu abusos. “Isso me trouxe muita frustração,” lembra […]

today16 de maio de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%