G1 Mundo

Frio extremo nos Estados Unidos deixa mais de 50 mortos

today20 de janeiro de 2024 9

Fundo
share close

Os Estados Unidos enfrentam mais uma onda de frio polar este fim de semana. Desde a semana passada o frio no país já matou mais de 50 pessoas, provocou o cancelamento e atraso de milhares de voos, congelou parques e causou diversos transtornos nas estradas. A temperatura pode cair para -30º C em algumas regiões.

Milhares de pessoas sofrem com a falta de energia. O estado do Oregon, no nordeste do país, é um dos mais afetados. De acordo com a rede de televisão ABC, mais de 15 milhões de americanos receberam alerta sobre queda de neve e riscos com o congelamento.

A previsão é de neve intensa na região dos Grandes Lagos, incluindo Cleveland, Ohio, Pensilvânia, Flórida e até mesmo o sul do Texas. As temperaturas devem cair para -20 e -30 graus neste sábado (20).



A previsão indica que o frio dará uma trégua a partir de segunda-feira (22), mas ainda com temperaturas próximas de 0ºC.

Escolas fechadas e sensação negativa

A onda polar se espalhou por todos os Estados Unidos desde o dia 12 de janeiro provocando nevascas e atingindo até mesmo regiões mais quentes do país, como o Texas.

A Filadélfia declarou emergência de neve e o distrito escolar da cidade fechou as escolas nesta sexta-feira (18). As escolas públicas de Baltimore e de Pittsburgh também fecharam suas portas

Onda de frio extremo nos EUA: Nova York tem neve depois de 701 dias

Onda de frio extremo nos EUA: Nova York tem neve depois de 701 dias

Em Nashville, as escolas ficaram fechadas durante toda a semana após a nevasca que causou estragos nas estradas.

A sensação térmica deve cair para 17 graus negativos em Chicago, 10 graus negativos em Kansas e 8 graus na Filadélfia. Os alertas de congelamento estão em vigor para Nova Orleans, Jacksonville, Flórida, e Corpus Christi, Texas.

Veja abaixo fotos do frio nos Estados Unidos

Pessoas e carros passam pela neve no Rock Creek Park, em Washington, EUA, em 15 de janeiro de 2024. — Foto: REUTERS/Amanda Andrade-Rhoades

Motorista limpa retrovisor de carro cheio de neve, na Pensilvânia, EUA, em 16 de janeiro de 2024 — Foto: Jose F. Moreno/AP

GIF – EUA enfrentam onda de frio extremo com temperaturas de até -40ºC — Foto: AP e Reuters

EUA enfrentam onda de frio extremo e tempestades de neve que já mataram 6 pessoas — Foto: Jornal Nacional/ Reprodução

Barco parcialmente afundado congelado na água, no Alasca, EUA, em 16 de janeiro de 2024 — Foto: Matthew Creswell/AP

Neve se acumula no Monumento da Paz e na cúpula do edifício do Capitólio dos EUA em Washington, em 16 de janeiro de 2024. — Foto: REUTERS/Leah Millis

EUA enfrentam onda de tempestades de inverno — Foto: Montagem g1/Reuters/AP




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

greve-geral-na-argentina-faz-aereas-brasileiras-cancelarem-voos-para-o-proximo-dia-24

G1 Mundo

Greve geral na Argentina faz aéreas brasileiras cancelarem voos para o próximo dia 24

A greve geral na Argentina convocada pela Confederação Geral do Trabalho (CGT), para o dia 24 de janeiro, fez as áreas brasileiras cancelarem voos para este dia, segundo uma pesquisa do g1 nos sites da GOL e da Latam. A Azul não opera no país vizinho. O levantamento feito pela reportagem detectou 33 cancelamentos de voos de ida e volta, entre Brasil e Argentina, no dia 24 de janeiro. A […]

today20 de janeiro de 2024 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%