G1 Santos

Funcionários de PS em Guarujá reclamam de atrasos de salários; empresa alega falta de repasse da prefeitura

today10 de fevereiro de 2023 17

Fundo
share close

Os colaboradores do Pronto-socorro Municipal de Vicente de Carvalho, em Guarujá, reclamam de atraso nos pagamentos dos últimos três meses. O Instituto de Atenção à Saúde e Educação (Iase), responsável pela gestão da unidade, teria justificado aos profissionais que não recebeu da prefeitura os repasses necessários para realizar os pagamentos, porém, a administração municipal nega.

Em nota, a Prefeitura de Guarujá informou que o repasse pela renovação do contrato de gestão com a organização social, responsável pela unidade, está em dia.

Uma técnica de enfermagem, que não quis se identificar, afirmou que os depósitos nas contas dos funcionários estão sendo feitos em atraso desde dezembro, e que além do salário, a primeira e a segunda parcela do 13ª salário também atrasaram. Neste mês, o pagamento, que segundo ela deveria ter sido feito entre os dias 3 e 7, ainda não foi depositado.



“A empresa enviou um comunicado sobre o atraso, mas não tem uma previsão de pagamento. O funcionário se programa para pagar as contas pessoais, mas serão geradas multas. Isso gera indignação. Eu trabalho à noite, perco uma noite de sono contando com o pagamento para alcançar meus objetivos pessoais e profissionais, mas não receber é revoltante. Além de ter que lidar com acúmulos de função e salário baixo”, desabafou a funcionária.

Outro técnico de enfermagem ouvido pelo g1 relatou que sente ‘medo de ser passado para trás’ caso a gestão seja trocada e ele saia da empresa sem receber. O profissional contou que, por conta do atraso nos depósitos, colaboradores de vários setores não estão indo trabalhar, o que, segundo ele, gera acúmulo de demandas para os colegas que vão trabalhar.

“As cozinheiras faltaram e o pessoal da recepção teve que fazer o almoço para os colaboradores. Tem criança internada na ala de pediatria e os internados precisam comer. O pessoal da recepção também fez a comida para as crianças”, afirmou.

A reportagem solicitou um posicionamento do Iase, porém, até a última atualização desta matéria, não recebeu o retorno. O g1 teve acesso ao comunicado que teria sido enviado aos funcionários nesta quinta-feira (9) referente ao atraso do pagamento de fevereiro. (confira no final do texto)

Leia a íntegra do comunicado da IASE

O Instituto de Atenção à Saúde e Educação informa aos colaboradores do Pronto-socorro de Vicente de Carvalho que buscou junto à Secretaria de Saúde do Município, os repasses necessários ao pagamento, que apesar de todas as tratativas com o Município, o crédito da folha de pagamento não será realizado nesta data.

A presidência do Iase está de desdobrando em buscar os meios necessário junto às autoridades municipais afim de viabilizar os recursos financeiros necessários para honrar os pagamentos dos colaboradores. Tão logo a situação se resolva os colaboradores terão seus créditos realizados.

Pedimos a compreensão de todos e reiteramos nosso compromisso de que os pagamentos serão realizados imediatamente esta situação seja resolvida.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

funcionarios-dos-correios-da-baixada-santista-protestam-e-pedem-mais-seguranca-apos-entregador-ser-morto-com-tiro-na-cabeca;-video

G1 Santos

Funcionários dos Correios da Baixada Santista protestam e pedem mais segurança após entregador ser morto com tiro na cabeça; VÍDEO

O protesto começou em frente à Praça dos Correios, Coronel José Lopes, s/n, e percorreu as ruas da cidade até chegar na prefeitura, na Rua Frei Gaspar, 384. Aproximadamente 150 pessoas participaram do ato. Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos (Sintect) Santos, Jose Antônio da Conceição, o foco é a segurança dos trabalhadores. "Neste momento, pedimos apenas segurança para desempenhar nossas atividades, que […]

today10 de fevereiro de 2023 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%