G1 Mundo

Funeral de Bento XVI termina com elogio de papa e pedidos de santificação

today5 de janeiro de 2023 20

Fundo
share close

Embora Bento XVI tenha sido mais conservador e menos popular que papas recentes, uma multidão lotou a Praça de São Pedro, no Vaticano, para acompanhar o funeral.

Segundo a polícia italiana, mais de 50 mil pessoas participaram do ato, entre membros da igreja católica, fieis, representantes de governos, turistas e jornalistas – número bem menor, no entanto, que o de assistentes ao funeral de João Paulo II, em 2005, que reuniu cerca de 500 mil pessoas.

A cerimônia foi marcada momentos históricos, como:



  • O fim oficial da década em que o antigo e o atual papa viveram lado a lado no Vaticano;
  • Foi a primeira vez em mais de 200 anos que um pontífice conduziu o funeral de seu antecessor;
  • O local para onde o caixão de Bento XVI foi levado para ser enterrado é o mesmo onde os papas João XXIII e, depois, João Paulo II foram também foram enterrados.

Multidão acompanha funeral de Bento XVI na Praça de São Pedro, no Vaticano, em 5 de janeiro de 2023. — Foto: Ben Curtis/ AP

Membros da igreja católica durante funeral de Bento XVI, no Vaticano, em 5 de janeiro de 2022. — Foto: Ben Curtis/ AP

Papa Francisco se despede do antecessor, Bento XVI, em funeral no Vaticano, em 5 de janeiro de 2023. — Foto: Kai Pfaffenbach/Reuters

O funeral, que aconteceu após três dias de velório ao longo desta semana, durou cerca de uma hora e meia. Na cerimônia, o papa Francisco leu uma série de referências bíblicas e escritos da igreja católica e fez comparações entre Bento XVI e Jesus. Ele pediu que seu antecessor “seja bem recebido por Deus”.

“Bento, que sua alegria seja completa ao ouvir Sua voz, agora e para sempre”, discursou Francisco.

Francisco também chamou Ratzinger de “grande mestre da cataquese”. Cento e vinte e cinco cardeais, além de 200 bispos e cerca de 3.700 sacerdotes, auxiliaram o papa, que falou ainda da “sabedoria, ternura e devoção que Bento XVI nos concedeu ao longo dos anos”.

A morte de Ratzinger foi considerada uma perda para a ala mais conservadora e tradicional da igreja. Bento, que adotou posturas ultraconservadoras durante seu papado, chocou o mundo em 2013 ao se tornar o primeiro papa em 600 anos a renunciar em vez de comandar a igreja até o final de sua vida.

Vaticano divulga imagens do enterro do Papa Emérito Bento XVI

Vaticano divulga imagens do enterro do Papa Emérito Bento XVI

Após a cerimônia fúnebre, o caixão foi levado de volta para dentro da basílica para uma cerimônia privada, onde foi envolto em zinco antes de ser selado em um segundo caixão de madeira (veja no vídeo acima).

Fieis exibem cartaz com os dizeres ‘santo subito’ (santo agora, em italiano) durante funeral do papa emérito Bento XVI, em 5 de janeiro de 2023. — Foto: Guglielmo Mangiapane/ Reuters

Ao final da cerimônia, fieis que acompanhavam o ato estenderam faixas e gritaram as palavras “Santo Subito!” (“Santo agora!”, em italiano), em um pedido para que a igreja torne Ratzinger santo.

A frase também foi dita por fieis no funeral do papa João Paulo II, em 2005, que de fato se tornou santo – na ocasião, porém, as manifestações foram maiores.

Imagem de 2005 mostra fieis com cartazes pedindo para que João Paulo II fosse considerado santo, durante seu funeral no Vaticano. — Foto: Luca Bruno/ AP

Em 2.000 anos, no entanto, apenas um terço de todos os pontífices foram declarados santos pela igreja católica.

“Para mim, ele é um grande ‘doutor’ (título para santos eruditos) da Igreja. Sempre pensei assim”, disse a freira mexicana Erica Merino Peña, presente na cerimônia, à agência de notícias AFP.

Mais de 1.000 seguranças italianos foram convocados para ajudar a proteger o evento, e o espaço aéreo ao redor da pequena Santa Sé foi fechado durante o dia. A Itália ordenou que as bandeiras em todo o país fossem hasteadas a meio mastro.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

russia-anuncia-cessar-fogo-na-ucrania-nos-dias-6-e-7-de-janeiro;-ucrania-nega-pedido

G1 Mundo

Rússia anuncia cessar-fogo na Ucrânia nos dias 6 e 7 de janeiro; Ucrânia nega pedido

Por seguirem a Igreja Ortodoxa, ambos os países costumam comemorar o Natal nessas datas. Tropas pró-Rússia são registradas nas ruas de Olenivka, Donetsk Oblast, em 29 de julho de 2022 — Foto: Alexander Ermochenko/REUTERS A Rússia anunciou nesta quinta-feira (5) que irá cessar-fogo na Ucrânia durante o Natal ortodoxo, tipicamente comemorado nos dias 6 e 7 de janeiro. As tropas russas devem deixar de atacar os ucranianos por 36 horas […]

today5 de janeiro de 2023 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%