G1 Mundo

Garoto hondurenho de 17 anos morre dias depois de atravessar a fronteira para os EUA

today12 de maio de 2023 6

Fundo
share close

O hondurenho foi encontrado inconsciente em um abrigo na Flórida.


Um garoto hondurenho de 17 anos morreu dias depois de ter sido encontrado inconsciente em um abrigo na Flórida, de acordo com uma publicação desta sexta-feira (12) o escritório de refugiados do Departamento de Saúde e Serviços Humanos (HHS) dos EUA.



Segundo a publicação do HHS, Angel Eduardo Maradiaga foi colocado em um abrigo para imigrantes em 5 de maio, logo depois de entrar no país, e morreu nesta quarta-feira.

Ele foi levado para um hospital e, após uma hora de tentativas de reanimação para salvar sua vida, foi declarado morto, disse.

As causas da morte ainda não foram divulgadas.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Você deseja continuar recebendo este tipo de sugestões de matérias?




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

parlamento-portugues-descriminaliza-a-eutanasia

G1 Mundo

Parlamento português descriminaliza a eutanásia

Com isso, o país se junta aos poucos no mundo que permitem a uma pessoa com uma doença incurável acabar com a sua vida. A lei foi aprovada principalmente graças aos socialistas, que têm maioria absoluta, por 129 votos a favor e 81 contra, num total de 230 deputados na câmara portuguesa. "Confirmamos uma lei que foi votada várias vezes por uma grande maioria", comemorou a deputada socialista Isabel Moreira, […]

today12 de maio de 2023 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%