G1 Santos

Governo de SP garante investimento de R$ 15 milhões para obras da Alemoa Industrial

today3 de setembro de 2023 3

Fundo
share close

A Prefeitura de Santos, no litoral de São Paulo, recebeu um aporte de R$ 15 milhões do governo do estado para realizar as obras de revitalização na Alemoa Industrial. O governador Tarcísio Freitas (Republicanos) atendeu a uma demanda feita por caminhoneiros autônomos que circulam por aquela região e realizaram protestos nesta semana. (veja mais abaixo)

A decisão foi anunciada após uma reunião no Palácio dos Bandeirantes, na capital. Participaram do encontro o Prefeito de Santos, o governador, além de lideranças do Sindicato dos Transportadores Rodoviário Autônomos de Bens da Baixada Santista e Vale do Ribeira (Sindicam-Santos) e outros representantes da categoria.

De acordo com a administração municipal, o prefeito Rogério Santos (PSDB) apresentou um plano que visa melhorar a fluidez do trânsito na área portuária. A estratégia, aprovada pelo governador, contou com a participação dos caminhoneiros.



Serão implementadas medidas de curto, médio e longo prazo para resolver o problema. De imediato, a solução será o agendamento eletrônico, que passará a ser realizado pelos terminais graneleiros da região e que promete agilizar o atendimento aos caminhoneiros.

Além disso, serão mantidas equipes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) na região para dar apoio ao esquema de trânsito. Deve ser realizada a inversão do sentido em algumas vias para dar mais fluidez ao trânsito.

Em médio prazo, a entrada do bairro passará por obras de pavimentação e drenagem, traçadas com base na rotina de trabalho dos caminhoneiros.

Investimento destinado pelo Governo do Estado foi acatado após reunião no Palácio dos Bandeirantes — Foto: Divulgação/Carlos Nogueira/Prefeitura de Santos

Para o longo prazo, estão previstas obras viárias que contemplam a construção de dois viadutos. Um deles já está incluído na Ferrovia Interna do Porto de Santos (Fips) e o outro no fim do bairro da Alemoa, atendendo ao pedido dos Sindicato dos Caminhoneiros.

A área industrial do bairro da Alemoa foi alvo de protestos por parte dos caminhoneiros nesta última semana. A categoria reivindicou melhorias no trânsito da entrada e saída do Porto de Santos.

Na última quarta-feira (30), caminhoneiros autônomos paralisaram os trabalhos, das 7h às 19h, em manifestação realizada pelo Sindicam. A atitude foi tomada em decorrência da perda do volume de trabalho por parte dos profissionais por conta dos congestionamento que estariam acontecendo na região.

Na última quinta-feira (31), a Sindicam participou de uma reunião nas dependências da CET-Santos. No encontro, foram debatidas propostas e soluções para o desafio da regularização do trânsito na região.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

homem-e-preso-em-flagrante-durante-operacao-em-ferros-velhos-clandestinos-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Homem é preso em flagrante durante operação em ferros velhos clandestinos no litoral de SP

Um homem, de 21 anos, foi preso em flagrante apontado como responsável por um ferro velho clandestino no bairro Quarentenário, em São Vicente, no litoral de São Paulo. No local, os investigadores encontraram diversos fios de cobre pertencentes as concessionárias de serviço público. Além da receptação, os policiais constataram que um córrego que passava ao lado do comércio era utilizado para descarte de material, poluindo a água que percorria para […]

today3 de setembro de 2023 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%