G1 Mundo

Governo do Japão suspende alerta sobre possível míssil lançado pela Coreia do Norte

today21 de novembro de 2023 3

Fundo
share close

No começo, o governo afirmou que poderia ser um míssil. Porém, mudou a informação e disse que, na verdade, poderia ser um satélite espião da Coreia e que parecia ter voado em direção ao Oceano Pacífico — ou seja, atravessou o território japonês e seguiu em frente.

A Coreia do Norte notificou o Japão no início do dia de que planejava lançar um satélite. Porém, o governo japonês afirmou que o objeto lançado poderia ser um satélite espião — e, caso fosse, violaria as resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

A Coreia do Norte, por sua vez, afirmou que o seu programa espacial e as atividades de lançamento são um direito soberano.



Tentativas anteriores, em 31 de maio – o primeiro lançamento desse tipo da Coreia do Norte desde 2016 – e 24 de agosto, terminaram em fracassos quando seus novos foguetes caíram no mar.

Durante um congresso do partido em janeiro de 2021, o líder coreano Kim Jong-Un revelou uma lista de desejos que incluía o desenvolvimento de satélites de reconhecimento militar.

Treinamento para se proteger

Há duas semanas, moradores de Tóquio correram para se proteger em uma estação de trem, como parte do primeiro exercício de evacuação para possível ataque de mísseis na capital. Cerca de 60 residentes participaram do exercício no bairro de Nerima.

O treinamento aconteceu após a Coreia do Norte realizar diversos testes de lançamentos com mísseis de curto alcance e mísseis balísticos interncontinentais.

Alguns destes lançamentos, incluindo um míssil que sobrevoou as ilhas do sul do Japão em 24 de agosto, acionaram o sistema J-Alert, usado para informar aos japoneses sobre possíveis ameaças e emergências, como terremotos, mau tempo e outros perigos.

Além disso, o que preocupa o Japão é que seu vizinho tem armas nucleares.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

macri,-o-outro-vencedor-da-eleicao-argentina

G1 Mundo

Macri, o outro vencedor da eleição argentina

O ex-chefe de Estado apostou firmemente em Milei, logo após a derrota de sua candidata, Patricia Bullrich, no primeiro turno, e montou um aparato para tirar o peronista Massa do caminho. Dois dias após a primeira votação, Macri, Milei e Bullrich se reuniram secretamente na casa do ex-presidente e selaram a união para o segundo turno, num acordo que ficou conhecido como o Pacto de Acassuso. Coube a Macri traçar […]

today21 de novembro de 2023 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%