G1 Mundo

Governo dos EUA aponta ‘falhas graves’ em presídio onde Jeffrey Epstein se suicidou

today27 de junho de 2023 16

Fundo
share close

Segundo relatório do Departamento de Justiça, funcionários da prisão não monitoraram direito cela solitária onde o magnata, acusado de exploração sexual de menores, se matou em 2019.


Jeffrey Epstein, preso por crimes sexuais, em fotografia tirada pela Divisão criminal de justiça de Nova York em 2019. — Foto: New York State Division of Criminal Justice Services/Handout/File Photo via REUTERS



Funcionários prisionais dos Estados Unidos foram acusados por um relatório do Departamento de Justiça do país divulgado nesta terça-feira (27) de não evitar o suicídio do bilionário norte-americano Jeffrey Epstein, que se matou na cadeia em 2019.

Segundo o novo documento, 13 funcionários do presídio onde Epstein estava não revisaram a cela solitária do magnata, que, horas depois, foi encontrado morto pendurado em um pedaço de roupa. Uma investigação identificou ainda que, no momento, a solitária não estava sendo monitorada como deveria.

“A combinação de negligência, má conduta e falhas absolutas no desempenho do trabalho documentadas neste relatório contribuíram para um ambiente em que indiscutivelmente um dos presos mais notórios sob custódia do BOP teve a oportunidade de tirar a própria vida”, diz o relatório.

O relatório também criticou o presídio por outras falhas operacionais graves, como não atualizar o sistema de vigilância por câmeras e a falta de pessoal em suas instalações.

Epstein, 66, se suicidou enquanto aguardava julgamento por acusações de tráfico sexual. A prisão federal onde ele estava foi fechada.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

criminoso-que-levou-mordida-de-vitima-apos-agredi-la-durante-roubo-de-carro-e-preso-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Criminoso que levou mordida de vítima após agredi-la durante roubo de carro é preso no litoral de SP

Segundo a Polícia Civil, para defender-se a mulher mordeu o homem, que ainda tem a marca no braço esquerdo. O caso aconteceu em Itanhaém (SP). Criminoso que roubou veículo de mulher no bairro Suarão, em Itanhaém (SP), estava com marca de mordida da vítima no braço esquerdo — Foto: Polícia Civil/Divulgação A Polícia Civil prendeu um homem de 20 anos acusado de roubar um veículo e agredir a vítima, de […]

today27 de junho de 2023 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%