G1 Santos

Grávida denuncia ex-namorado por estupro, lesão corporal e diz ‘temer pela vida’ após ser ameaçada de morte

today12 de novembro de 2022 27

Fundo
share close

Uma mulher de 22 anos e grávida de nove meses contou ao g1 que vive um pesadelo e que teme pela própria vida. Moradora de Praia Grande, no litoral de São Paulo, ela afirmou sofrer diversas ameaças e agressões do ex-namorado desde que terminaram, em janeiro de 2021. Ela revela, inclusive, ter sido estuprada e apanhado do homem, que na última sexta-feira (11) tentou invadira a casa dela.

A vítima disse já ter registrado diversos Boletins de Ocorrência na delegacia e que existe uma medida protetiva que deveria impedir que o ex se aproximasse dela. Deveria, pois ele continua a aparecer. A tentativa de invasão nesta sexta, de acordo com ela, foi a terceira no mês de novembro.

Imagens de monitoramento registraram as três vezes que o ex-namorado da vítima tentou entrar no imóvel. Nesta última, que aconteceu por volta de 5h30, ele quebrou o portão da residência ao dar marcha à ré com o carro. Como não conseguiu contato com a vítima, ele foi embora. Um novo BO foi registrado.



No último dia 2, a vítima disse que ele conseguiu entrar na casa e a agrediu no rosto. Não bastasse, ainda deixou o imóvel com o celular da mulher, que não foi devolvido até o momento. Naquela ocasião, a jovem também foi à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Praia Grande denunciar a lesão corporal.

A jovem, que está grávida, também disse ter ido à Defensoria Pública denunciar o descumprimento da medida protetiva, concedida em setembro deste ano. Pouco tempo depois de ter voltado para casa, o agressor apareceu no portão dizendo que devolveria o aparelho celular, mas, assim que ela abriu a porta, ele a agrediu novamente.

Grávida denuncia ex-namorado por estupro e lesão corporal e diz ‘temer pela vida’ após ser perseguida em Praia Grande, no litoral de SP — Foto: Arquivo pessoal

Segundo a vítima, eles se conheceram em 2020 e moraram juntos por três meses. Após a primeira agressão, em janeiro de 2021, ela afirmou ter saído de casa e terminado o relacionamento. Em julho, a primeira medida protetiva foi instaurada. “Sou obrigada a voltar com ele para não viver apanhando”.

Ainda em outubro do ano passado, mesmo com um inquérito policial em andamento, bem como uma medida protetiva vigente, o homem a ameaçou e a estuprou. Esse caso também foi registrado na DDM de Praia Grande em maio deste ano.

Em setembro, a vítima entrou com um novo pedido de medida protetiva contra ele. O juiz decidiu que a situação exigia caráter de urgência, mas as agressões continuam.

A Polícia Civil esclarece que está em andamento um inquérito policial para apuração dos fatos. Segundo a autoridade policial, foi solicitado medida protetiva, que foi indeferida pelo Poder Judiciário.

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

cao-usado-por-criminosos-para-proteger-imovel-com-drogas-no-litoral-de-sp-e-apreendido-pela-policia;-video

G1 Santos

Cão usado por criminosos para proteger imóvel com drogas no litoral de SP é apreendido pela polícia; VÍDEO

Criminosos colocaram um cão de guarda para fazer a segurança de um imóvel com droga e dinheiro, em Guarujá, no litoral de São Paulo. O animal precisou ser imobilizado por uma veterinária para garantir a entrada dos policiais civis à residência, onde foram apreendidos 78 kg de skunk [droga sintética], R$ 125 mil, documentos e um veículo. O animal também foi apreendido. De acordo com a Polícia Civil, a casa […]

today12 de novembro de 2022 27

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%