Prefeitura de Guarujá

Guarujá assina convênio com o Dadetur de R$ 20,4 milhões para obras no acesso ao aeroporto

today24 de novembro de 2022 14

Fundo
share close

Agora, está garantida a continuidade dos serviços no local, por meio da Fase 2: será realizada revitalização completa na Av. Presidente Vargas e na Rua São Paulo

Um importante passo para a reestruturação viária do acesso ao Aeroporto Civil Metropolitano de Guarujá acaba de ser dado: o prefeito assinou, na tarde desta quarta-feira (23), em São Paulo, o convênio de R$ 20,4 milhões para a Fase 2 do projeto, por meio do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur) 2022. Desse valor, R$ 20.137.345,44 serão de responsabilidade do Estado e R$ 356.567,70 de contrapartida do Município.

Com a assinatura, está garantida a continuidade dos serviços no local, onde serão realizados revitalização completa com execução de drenagem, novo pavimento asfáltico, troca de guias e sarjetas, remodelação da ciclovia e canteiros, execução de calçadas, paisagismo, acessibilidade e sinalização na Av. Presidente Vargas e Rua São Paulo.

O aeroporto de Guarujá está muito próximo de se tornar uma realidade e a previsão é de que, nos próximos meses, a primeira fase de sua implantação seja concluída. Com isso, se faz necessário voltar os olhos para a região onde ele está inserido, pois o aeroporto trará um grande impacto para o local, trazendo demanda turística e maior fluxo de pessoas, além de desenvolvimento.

Para o prefeito a obra vai favorecer não apenas o Distrito de Vicente de Carvalho, mas toda a Baixada Santista e região proporcionando acessibilidade, conforto e segurança a quem transitar pelo local. “É uma conquista enorme. Queremos dar o melhor acesso a esse aeroporto, fazendo uma avenida diferenciada, com um olhar turístico”.



Para que o projeto receba a importância e o fomento devidos, as secretarias municipais de Planejamento e de Desenvolvimento Econômico e Portuário trabalham em conjunto a fim de transformar em realidade esse antigo sonho dos moradores de Guarujá. As duas pastas estão focadas em viabilizar, além do acesso ao aeroporto, o cadastramento da proposta de implantação do terminal de passageiros e da pista, que são verbas do Governo Federal.

A secretária municipal de Planejamento, afirma que serão realizadas profundas intervenções a fim de revitalizar totalmente a região. “As melhorias são expressivas e estão de acordo com a proposta de um aeroporto que atenda com excelência a Baixada Santista e a todos que farão uso desse importante equipamento”.

As fases

O objetivo da Administração Municipal é reformular todo o viário de acesso ao aeroporto. A Fase 1 contempla o início das intervenções e prevê uma reforma completa da infraestrutura existente na Av. Aurea Gonzales de Conde. O projeto de revitalização terá mais de R$ 7,7 milhões do Governo do Estado, também por meio do Dadetur. Além da recuperação do pavimento, estão previstos a revitalização de iluminação e paisagismo. Já a Fase 2 dá continuidade nos serviços e garante novas intervenções.

Aeroporto

Ao todo, serão investidos R$ 14,5 milhões para colocar o aeroporto em funcionamento, sendo R$ 4,5 milhões provenientes do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC), articulados pela Prefeitura de Guarujá, para a instalação de um terminal de passageiros, e cercamento e remodelação da pista. Outros R$ 10 milhões são frutos de uma emenda parlamentar apoiada pela bancada paulista da Câmara dos Deputados.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Prefeitura de Guarujá.

Por: Tiphany

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

que-efeitos-teria-um-acidente-na-usina-nuclear-de-zaporizhzhia?

G1 Mundo

Que efeitos teria um acidente na usina nuclear de Zaporizhzhia?

Para produzir esta reportagem, conversamos com especialistas sobre o impacto que os desastres de Fukushima, no Japão, e de Chernobyl, na Ucrânia, tiveram na saúde das populações vizinhas, e pedimos que explicassem até que ponto essas catástrofes poderiam ajudar a compreender o risco em Zaporizhzhia. A usina de Zaporizhzhia não fica muito longe da fronteira sul da Ucrânia. Este ano, tornou-se a primeira usina nuclear ativa a continuar operando em […]

today24 de novembro de 2022 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%