G1 Santos

Guarujá, SP, concede escritura para novas instalações da Companhia de Força-Tática e reforço policial

today6 de abril de 2024 2

Fundo
share close

A Prefeitura de Guarujá, no litoral de São Paulo, assinou a concessão da atual sede do 21° Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I) ao Governo de São Paulo para a instalação da futura Companhia de Força-Tática. Ela foi instituída na abertura da Operação Verão, em dezembro, que deve receber o reforço de 120 policiais.

De acordo com a prefeitura, o documento de cessão da área foi assinado, nesta sexta-feira (5), e possibilitará a licitação para construção das instalações da nova Companhia por parte da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP/SP).

O prédio atualmente abriga a sede do 21 °BPM/I, que atende os municípios de Guarujá, Bertioga e Cubatão. No entanto, uma nova sede do Batalhão está sendo construída no bairro da Enseada. Com a finalização da obra no edifício, o 21º BPM/I será transferido para o novo prédio e haverá a readequação do espaço para receber a Companhia de Força Tática.



Obras da nova sede do 21º Batalhão da PM em Guarujá (SP) são iniciadas e previsão de entrega é de até 14 meses. — Foto: Divulgação/ Prefeitura de Guarujá

Em novembro de 2023, a Prefeitura de Guarujá cobrou o Governo do Estado solicitando a celeridade das obras que estavam paralisadas no município, incluindo a da nova sede do 21° Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I).

As obras, orçadas em R$ 24,7 milhões, foram paralisadas após a empresa contratada não cumprir com as obrigações e abandonar o serviço. A obra não atingiu 10% de sua execução dentro do prazo pactuado, prevista para maio de 2023.

Na época, a SSP informou que a retomada dos trabalhos aconteceria no primeiro semestre de 2024, após a segunda colocada na licitação assumir a construção da nova sede. Após a finalização, o novo Batalhão deverá ocupar uma área estratégica de 3.630 m², com três andares de pavimentos capazes de abrigar 700 agentes.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

oea-reforca-‘inviolabilidade-de-locais-diplomaticos’-apos-equador-invadir-embaixada-do-mexico-em-quito

G1 Mundo

OEA reforça ‘inviolabilidade de locais diplomáticos’ após Equador invadir embaixada do México em Quito

Em texto da Secretaria Geral, a OEA reforça que os estados signatários da carta da entidade têm que respeitar o direito da inviolabilidade dos locais diplomáticos. "Portanto, a Secretaria Geral rejeita qualquer ação violatória ou que ponha em risco a inviolabilidade dos locais de missões diplomáticas e reitera a obrigação que têm todos os estados de não invocar normas de direito interno para justificar o não cumprimento de suas obrigações […]

today6 de abril de 2024 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%