G1 Mundo

Guru de yoga que incitava mulheres a ter relações sexuais com ele e trabalhar com pornografia é preso na França

today28 de novembro de 2023 2

Fundo
share close

Uma operação polícial na França prendeu 41 pessoas acusadas de participarem de uma seita que usava a prática do yoga tântrico para convencer mulheres a ter sexo com o líder do grupo, Gregorian Bivolaru.

As prisões aconteceram nesta terça-feira (28).

A seita é acusada de vários abusos sob a direção de Bivolaru, um romeno que se apresentava como guru, segundo o jornal “Libération”.



O Movimento de Integração Espiritual no Absoluto (MISA) possui escolas de yoga e filiais e tem centenas de adeptos.

Segundo relato de uma fonte ao jornal francês, o movimento MISA, que é orginário da Romênia, ensinava tantra yoga com o objetivo de condicionar as vítimas a permitirem relações sexuais usando técnicas de manipulação mental criadas para eliminar qualquer noção de consentimento.

Esta seita incitava as vítimas mulheres a “aceitarem relações sexuais com o líder do grupo” ou a “práticas pornográficas remuneradas na França e no exterior”.

No final de 2022, o órgão governamental de luta contra desvios sectários na França levou o caso ao Ministério Público após a Liga de Direitos Humanos denunciar 12 ex-membros da seita.

Em julho de 2023, o Ministério Público de Paris iniciou uma investigação por abuso de vulnerável, sequestro em associação criminosa, estupro e tráfico de seres humanos.

As detenções ocorreram na região de Paris e no sudeste da França. A operação mobilizou 175 policiais e libertou 26 mulheres.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

o-chocante-caso-de-homem-que-abusou-de-mais-de-100-corpos-em-hospitais-britanicos

G1 Mundo

O chocante caso de homem que abusou de mais de 100 corpos em hospitais britânicos

Entre 2007 e 2020, Fuller abusou dos corpos de pelo menos 101 mulheres e meninas nos hospitais de Kent. O presidente do inquérito, Jonathan Michael, disse que "houve oportunidades perdidas para questionar as práticas de trabalho de Fuller". Ele acrescentou que o abuso "causou choque e horror em todo o nosso país e além". O inquérito fez 17 recomendações para prevenir "atrocidades semelhantes". Elas incluem a instalação de câmaras nos […]

today28 de novembro de 2023 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%