G1 Mundo

Hamas divulga vídeo de reféns e diz que anunciará o destino deles nesta segunda

today15 de janeiro de 2024 5

Fundo
share close

O Hamas publicou um vídeo no último domingo (14) mostrando três reféns que supostamente mantém em Gaza. Em 37 segundos, eles pedem para que o governo de Israel pare com os ataques contra o grupo terrorista. A medida, segundo os sequestrados, poderia garantir a libertação deles.

O vídeo sem data mostram os reféns: Noa Argamani, de 26 anos, Yossi Sharabi, de 53 anos, e Itai Svirsky, de 38 anos. E termina com a informação de que o Hamas informará o destino deles nesta segunda-feira (15).

Até a publicação desta reportagem, nenhum destino foi informado. Vale lembrar que no início da guerra, o Hamas ameaçou executar reféns em retaliação aos ataques militares israelitas.



As autoridades israelenses geralmente se recusaram a responder às mensagens públicas do Hamas sobre os reféns, classificando-as como uma guerra psicológica.

Hagar Mizrahi, oficial forense do Ministério da Saúde de Israel, disse à TV local em 31 de dezembro que as autópsias de reféns mortos que foram recuperados encontraram causas de morte inconsistentes com o relato do Hamas de que haviam morrido em ataques aéreos.

Mas Israel também deixou claro que está ciente dos riscos da sua ofensiva para os reféns e está tomando os devidos cuidados.

“A operação militar leva tempo. Ela nos obriga a ser precisos e estamos adaptando-a de acordo com as ameaças e os reféns que estão no campo”, disse o porta-voz chefe das Forças Armadas, contra-almirante Daniel Hagari, no domingo.

Das cerca de 240 pessoas capturadas pelo Hamas, cerca de metade foram libertas numa trégua de novembro. Israel diz que 132 permanecem em Gaza e que 25 deles morreram no cativeiro.

A crise dos reféns deixou Israel atordoado pelo pior ataque da sua história. Alguns familiares dos reféns apelaram ao primeiro-ministro Benjamin Netanyahu para que estabelecesse outra trégua ou mesmo cancelasse a guerra.

Ele prometeu continuar lutando até que o Hamas seja destruído, o que, segundo ele, permitiria a libertação dos reféns.

No mês passado, Netanyahu disse no parlamento que pediu a Pequim que ajudasse a libertar Argamani, cuja mãe Liora é chinesa. Sofrendo de uma doença terminal, Liora Argamani apelou para se reunir com sua filha antes que ela morra.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

piloto-leva-soco-de-passageiro-apos-informar-atraso-de-voo-por-neblina-na-india;-video

G1 Mundo

Piloto leva soco de passageiro após informar atraso de voo por neblina na Índia; VÍDEO

Caso ocorreu em um voo parado no aeroporto de Nova Délhi. Passageiro foi retirado do avião. Piloto leva soco de passageiro após informar atraso de voo na Índia Um piloto de bordo levou um soco de passageiro ao informar que a aeronave ficaria em solo mais tempo devido um nevoeiro. O caso aconteceu no domingo (14) em um voo da Indigo Airlines no aeroporto de Nova Délhi, na Índia. Vídeos […]

today15 de janeiro de 2024 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%