G1 Mundo

Henry Kissinger foi personagem mais influente da política externa americana na segunda metade do século 20; veja trajetória

today30 de novembro de 2023 12

Fundo
share close

Ele nasceu na Alemanha e, judeu, fugiu para os Estados Unidos com a família em 1938. Estudou na renomada Universidade de Harvard.

Kissinger foi secretário de Estado de dois presidentes republicanos – Richard Nixon e Gerald Ford. Também assessorou outros presidentes, incluindo o democrata Bill Clinton, e George W. Bush no pós 11 de setembro.

Saiba mais sobre sua trajetória abaixo.



Henry Kissinger deixou uma grande marca na política externa americana e do mundo: arquitetou a abertura diplomática da China e muitos dizem que formou as bases pra acabar com a Guerra Fria.

Também fez o acordo sobre o controle de armas entre os EUA e a União Soviética, mediou a expansão de laços entre Israel e os seus vizinhos árabes e atuou nos acordos de paz de Paris pra colocar fim na Guerra do Vietnã. Ele ganhou o Nobel da Paz de 1973 – por esse acordo. Foi um dos mais controversos prêmios da história – dois membros do Comitê do Nobel renunciaram depois disso.

Enquanto muitos elogiaram Kissinger pelo brilhantismo e capacidade diplomática, sendo protagonista em importantes momentos que mudaram a história mundial, outros o criticam fortemente por prolongar conflitos no Vietnã e no Camboja, assim como pelo apoio às ditaduras anticomunistas, na Ásia e na América Latina.

Participação política pós governo

Mesmo depois de deixar o cargo, Kissinger continuou ativo na política externa americana, participando em reuniões na Casa Branca, testemunhando no Congresso, escrevendo livros e dando entrevistas.

Morre aos 100 anos Henry Kissinger, personagem mais influente da política externa americana na segunda metade do século 20 — Foto: Reprodução/TV Globo

Em julho de 2023, já com 100 anos, ele fez uma visita surpresa a Pequim para se encontrar com o presidente chinês, Xi Jinping. Na China, ele é celebrado por ter iniciado a relação entre Washington e Pequim.

Antes de morrer, Henry Kissinger vinha dizendo que os Estados Unidos e a China têm que aprender a conviver para evitar conflito militar.

Morre aos 100 anos Henry Kissinger, personagem mais influente da política externa americana na segunda metade do século 20 — Foto: Reprodução/TV Globo




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

henry-kissinger-morre-aos-100-anos;-fotos

G1 Mundo

Henry Kissinger morre aos 100 anos; FOTOS

Especialista em geopolítica foi figura central da política externa dos Estados Unidos nos anos 1970. Henry Kissinger e o então líder chinês Mao Zedong, em novembro de 1973, em Pequim — Foto: Arquivo / AFP Henry Kissinger e o Papa Paulo VI, em julho de 1974 — Foto: Arquivo / AFP O falecido ex-presidente dos EUA Gerald R. Ford e o ex-secretário de Estado Henry Kissinger no Salão Oval da […]

today30 de novembro de 2023 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%