G1 Mundo

Homem condenado por canibalismo é agraciado por Putin após lutar na Ucrânia

today23 de novembro de 2023 7

Fundo
share close

O caso abriu um tímido debate na Rússia sobre a pertinência da política de concessão da graça presidencial, defendida pelo Kremlin.

Nikolai Ogolobiak foi condenado a 20 anos de prisão em 2010, acusado de integrar uma seita satanista que assassinou adolescentes.

Os corpos das vítimas foram cortados em pedaços e comidos pelos assassinos. Obolobiak voltou para casa no início de novembro, após cumprir seis meses de serviço no front ucraniano, segundo o portal de notícias 76.ru.



As famílias das vítimas descobriram por acaso que ele tinha sido perdoado, depois que ele voltou para casa.

O governo russo, questionado mais uma vez sobre o assunto na quarta-feira (22), disse que não prevê qualquer mudança.

“A questão não é nova”, observou o porta-voz do Kremlin, Dimitri Peskov, “mas repito, são condições específicas [de perdão presidencial], ligadas à presença na linha do front, a uma certa duração no combate, à participação em grupos de assalto”, explicou, acrescentando que “não haverá revisão” da política.

Rússia faz maior bombardeio do ano na Ucrânia

Rússia faz maior bombardeio do ano na Ucrânia

Antes de Ogolobiak, o perdão do ex-policial Sergei Khadzhikurbanov também gerou debate.

Khadzhikurbanov foi condenado a 20 anos de prisão pelo assassinato da jornalista Anna Politkovskaya, em 2006. Ela trabalhava para o jornal independente Novaya Gazeta e era uma crítica do governo de Vladimir Putin.

A morte da jornalista, que foi assassinada a tiros em Moscou em 7 de outubro de 2006, dia do aniversário do presidente russo, é um dos assassinatos de maior repercussão da era Putin, que está no poder na Rússia desde 2000.

Dezenas de milhares de presos russos juntaram-se ao front na Ucrânia, contratados por grupos paramilitares como o Wagner. Se sobrevivem a seis meses de combates, eles podem ser agraciados.

Esses homens costumam servir nas áreas mais perigosas do conflito e, como admitiu o falecido chefe de Wagner, Yevgeny Prigozhin, eram usados ​​como ‘bucha de canhão’.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ministro-de-portos-e-aeroportos-inaugura-estruturas-esperadas-ha-decadas-por-caminhoneiros-no-porto-de-santos

G1 Santos

Ministro de Portos e Aeroportos inaugura estruturas esperadas há décadas por caminhoneiros no Porto de Santos

O ministro de Portos e Aeroportos Silvio Costa Filho (Republicados) esteve na inauguração de duas novas áreas para estacionamento de caminhões no Porto de santos, nesta quinta-feira (23) . As estruturas instaladas na margem direita do cais santista [lado de Santos], ambos na Avenida Mário Covas Júnior, eram esperadas há décadas pelos trabalhadores, que agora terão 270 novas vagas para aguardar com os veículos. Costa Filho ressaltou o sacrifício enfrentado […]

today23 de novembro de 2023 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%