G1 Santos

Homem morre durante confronto com a PM no México 70, em São Vicente, SP

today16 de fevereiro de 2024

Fundo
share close

Um homem de 31 anos, identificado como Ygor Júnior Gonçalves, foi morto com tiros de fuzil e pistola por policiais militares na comunidade México 70, no bairro Vila Margarida, em São Vicente, no litoral de São Paulo. Segundo apurado pelo g1, nesta sexta-feira (16), já são 26 pessoas mortas desde o início da 3ª Fase da Operação Verão, na Baixada Santista.

De acordo com o boletim de ocorrência, obtido pela reportagem, policiais militares faziam um patrulhamento na Avenida Brasil, por volta de 16h50 desta quinta-feira (15), quando se depararam com um homem. Quando avistou a equipe, ele correu para o interior de um cômodo na Rua 8, segundo a polícia.

Os agentes entraram no local e, ainda segundo o registro policial, eles foram recebidos com um disparo de arma de fogo. Um PM revidou, disparando duas vezes com um fuzil. Ao mesmo tempo, um outro policial fez dois disparos com uma pistola.



O suspeito foi atingido no tórax e caiu no chão, carregando um revólver calibre 38 com numeração suprimida. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) conduziu o homem até o Hospital Vicentino onde, segundo a polícia, ele morreu.

Dentro do cômodo, a PM encontrou entorpecentes como cocaína, maconha, crack e ecstasy, além de um rádio comunicador encostado no para-peito da janela. Uma perícia foi solicitada no local. As drogas apreendidas serão submetidas a perícia técnica.

As armas utilizadas pelos policiais e suspeito durante o confronto foram apreendidas e remetidas ao Instituto de Criminalística (IC) para exame pericial.

O caso foi encaminhado ao 2º Distrito Policial (DP) de São Vicente como morte decorrente de intervenção policial, drogas sem autorização ou em desacordo, posse ou porte ilegal de arma de fogo e legítima defesa, além de tentativa de homicídio.

O g1 entrou em contato com a Prefeitura de São Vicente para mais informações sobre a atuação do Samu, mas ainda não obteve retorno.

Segundo a Secretaria de Segurança do Estado de São Paulo (SSP-SP), desde o dia 7 de fevereiro, quando foi desencadeada a 3ª Fase da Operação Verão, 634 criminosos foram presos, incluindo 236 procurados pela Justiça.

Além disso, foram apreendidos mais de 147 kg de drogas e 72 armas ilegais, incluindo fuzis de uso restrito. Após confronto com policiais, 26 pessoas morreram.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

pec-42/23-que-proibe-candidatura-de-militares-da-ativa-amputa-direito

Pleno News

PEC 42/23 que proíbe candidatura de militares da ativa amputa direito

Ives Gandra - 16/02/2024 11h50 General Hamilton Mourão Foto: Geraldo Magela/Agência Senado Consulta-me, o eminente senador Hamilton Mourão, sobre a PEC 42/23, que pretende eliminar o direito de pleno exercício da cidadania e de direitos políticos de militares das Forças Armadas e dos policiais estaduais, alterando cláusula pétrea da Lei Suprema (artigo 60, §4º, inciso IV). Nesta esteira, segundo o texto inicial da referida PEC, o artigo 14 passaria a […]

today16 de fevereiro de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%