Gospel Prime

Igreja da Escócia condena intolerância religiosa contra Kate Forbes

today24 de fevereiro de 2023 15

Fundo
share close

De acordo com Christian Today, recentemente a Igreja Livre da Escócia denunciou a “intolerância anti-cristã” contra a candidata a líder do Partido Nacional Escocês (SNP), Kate Forbes, como algo lamentável.

Assim, desde o lançamento de sua campanha para suceder Nicola Sturgeon como líder do SNP, a ministra das finanças escocesa, Kate Forbes, tem sido atacada por suas opiniões tradicionalistas sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo, bem como outras questões como o aborto.

Nesse sentido, Forbes faz parte da Igreja Livre da Escócia, que mantém uma visão bíblica sobre casamento e sexualidade. Ela foi aberta sobre o fato de que ela compartilha dessas crenças, dizendo que teria votado contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo quando ele foi aprovado pelo Parlamento escocês em 2014.

No entanto, apesar da intensa pressão e da perda de alguns apoiadores, ela se recusou a pedir desculpas por seus pontos de vista. Em uma declaração, a Igreja condenou os ataques “anticristãos” contra suas crenças e disse que eles revelaram “um nível de intolerância que não tem lugar em uma sociedade pluralista e diversificada”.

“É lamentável que a honesta adesão de Kate a valores tradicionais simples a desqualificaria, para alguns, de contribuir para o bem público da Escócia. A Igreja Livre da Escócia está preocupada com o nível de intolerância anti-cristã que tem sido exibido na mídia social e por alguns comentaristas políticos e da mídia”, disse.



Além disso, a igreja afirmou que Kate é coerente com o que ela acredita, e as questões levantadas pela intenção dela de concorrer como líder do SNP demonstraram um nível de intolerância que acreditam não ser característico da população escocesa autêntica.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

condenado-por-estupro-na-italia,-robinho-podera-cumprir-a-pena-no-brasil;-advogado-explica-processo

G1 Santos

Condenado por estupro na Itália, Robinho poderá cumprir a pena no Brasil; advogado explica processo

O pedido da Justiça Italiana, entregue ao STJ por intermédio do Ministério da Justiça, foi a forma encontrada para que o ex-atacante da Seleção cumpra a pena a qual foi condenado, uma vez que o País não extradita [entrega] brasileiros natos. A presidente do STJ, a ministra Maria Thereza de Assis Moura, mandou, na quinta-feira (23), que Robinho seja citado [convocado] para participar do processo de validação da pena. “Citado, […]

today24 de fevereiro de 2023 19

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%