G1 Mundo

Incêndio atinge prédio ministerial histórico no Egito, dias após funcionários mudarem de endereço

today5 de agosto de 2023 7

Fundo
share close

Não houve feridos. Comitê determinará o que causou o incidente e qual a magnitude dos danos na construção do século XIX.




Incêndio atinge prédio ministerial histórico no Egito

Incêndio atinge prédio ministerial histórico no Egito

Um histórico prédio ministerial na região central do Cairo, no Egito, construído no século XIX, foi tomado pelas chamas neste sábado (5), poucos dias depois de seus funcionários terem se mudado para outras instalações, que ficam a 45 quilômetros da região. Não houve feridos.

Segundo a Reuters, o incêndio ocorreu no andar mais alto do Ministério de Doações Religiosas e, em menores proporções, também no segundo pavimento. Após horas de trabalho de sete equipes de bombeiros, o fogo foi extinguido.

Até a última atualização desta reportagem, um comitê ainda estava sendo formado para determinar a causa e a magnitude do dano, afirmou um porta-voz do ministério.

A principal parte do prédio foi construída em 1898, com partes acrescentadas em cada um dos lados em 1912 e em 1927.

Fogo toma conta de prédio ministerial no Cairo — Foto: Patrick Werr/Reuters

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

por-que-a-contraofensiva-ucraniana-contra-a-russia-esta-mais-lenta-que-o-esperado

G1 Mundo

Por que a contraofensiva ucraniana contra a Rússia está mais lenta que o esperado

Nos 18 meses desde que a Rússia iniciou a invasão, os ucranianos estiveram principalmente na defensiva, impedindo que as forças de Moscou tomassem mais partes do territórios. Mas, durante o atual verão no Hemisfério Norte, a Ucrânia — com a ajuda financeira e de equipamentos militares de outros países — partiu para o ataque, e tentou expulsar os russos de terras que foram capturadas anteriormente no leste e no sul […]

today5 de agosto de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%