G1 Mundo

Incêndios florestais no Chile deixam mais de 20 mortos

today4 de fevereiro de 2023 9

Fundo
share close

Segundo a ministra do Interior, Carolina Tohá, também há 554 feridos, 16 deles em estado grave. Dez pessoas estavam desaparecidas.

A ministra informou que, dos 251 incêndios ativos hoje, 76 tiveram início na véspera. Diante dessa situação, que está fora de controle, o governo do presidente Gabriel Boric decretou estado de catástrofe constitucional na região de La Araucanía, que se soma às de Ñuble e Biobio.

A declaração de catástrofe permite dispor de recursos adicionais para controlar a emergência, restringir a circulação de pessoas e usar as forças militares para conter o desastre.



“Acabo de conversar com o presidente Alberto Fernández para coordenar e agradecer o apoio da Argentina no combate aos incêndios. Além de brigadistas, receberemos maquinário. Estamos gerenciando apoio de diferentes países para enfrentar a emergência”, publicou Boric no Twitter.

Segundo Carolina Tohá, o governo do Chile coordena ajuda com Brasil, Uruguai, México e Espanha.

“Estamos nos tornando um dos territórios mais vulneráveis a incêndios, devido, principalmente, à evolução das mudanças climáticas em nosso território. Isso faz com que o que parecia uma situação extrema três anos atrás seja superado ano após ano”, ressaltou. “Foi queimado em uma semana no Chile o que era queimado em um ano inteiro.”

Os incêndios ocorrem em meio a uma onda de calor extremo, o que faz com que as autoridades temam um desastre como o do começo de 2017, quando um grande incêndio florestal deixou 11 mortos, cerca de 6.000 vítimas, destruiu mais de 1.500 casas e afetou 467.000 hectares de terra.

Assim como naquele ano, os focos de incêndio começaram em áreas agrícolas e florestas, e avançaram até ameaçar e afetar zonas povoadas.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

premie-do-japao-demite-assessor-por-comentarios-homofobicos

G1 Mundo

Premiê do Japão demite assessor por comentários homofóbicos

Masayoshi Arai disse na sexta-feira (3) que "nem quer olhar" para casais do mesmo sexo. Ele acrescentou que "nem gostaria se eles morassem ao lado", noticiou a emissora pública NHK. Kishida repreendeu os comentários e os chamou de "ultrajantes e completamente incompatíveis com as políticas do governo". No mesmo dia, Arai pediu desculpas, afirmando que as falas tinham sido inapropriadas, mesmo que fossem sua opinião pessoal. Desconforto antes da cúpula […]

today4 de fevereiro de 2023 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%