G1 Mundo

Índia pede para que Canadá retire cerca de 40 diplomatas do país, diz jornal

today3 de outubro de 2023 8

Fundo
share close

De acordo com o jornal, a Índia deu o prazo de 10 de outubro para que o Canadá faça a repatriação dos diplomatas que estão no país asiático. Servidores que permanecerem na Índia após essa data podem perder a imunidade diplomática.

Ainda segundo a reportagem, existem mais diplomatas do Canadá na Índia do que o contrário. Um dos objetivos do governo indiano em determinar a repatriação de canadenses seria equiparar o número de profissionais da área nos dois países.

A crise diplomática entre Índia e Canadá ganhou força no dia 18 de setembro, quando o governo canadense afirmou que fontes confiáveis asseguraram que agentes do governo indiano estavam ligados ao assassinato de um líder da minoria religiosa sikh.



A investigação do governo canadense levou o país a expulsar o diplomata sênior da Índia.

A Índia, por sua vez, rebateu as acusações e negou o envolvimento no assassinato. O governo indiano também revidou a medida adotada pelo Canadá, expulsando um diplomata sênior canadense do país.

Segundo o governo indiano, essa decisão representa a crescente preocupação em relação à interferência de diplomatas canadenses em assuntos internos do país.

Geralmente, a expulsão de um diplomata expõe crises nas relações diplomáticas entre dois países e representa o descontentamento recíproco entre os governos.

VÍDEOS: mais assistidos do g1




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ucrania-planeja-construir-escola-subterranea-para-proteger-alunos-de-bombardeios

G1 Mundo

Ucrânia planeja construir escola subterrânea para proteger alunos de bombardeios

Escola ficará em Kharkiv, na região leste do país. Cidade fica próxima da fronteira com a Rússia e vive ataques constantes desde o início da guerra. Crianças estudam em salas de aula montadas em estação de metrô, em Kharkiv, na Ucrânia — Foto: REUTERS/Vyacheslav Madiyevskyy A Ucrânia está se preparando para construir a primeira escola totalmente subterrânea do país em Kharkiv, na região leste. O objetivo é proteger os alunos […]

today3 de outubro de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%