G1 Santos

Irmão de carioca que sumiu em trilha confirma que corpo encontrado é do turista após família reconhecer pertences

today10 de abril de 2024 2

Fundo
share close

O corpo foi localizado, no dia 28 de março, pelo irmão do turista, Marcelo Rodrigues Magalhães. Ele realizava buscas na área após o Corpo de Bombeiros encerrar os trabalhos na Praia do Sangava.

Na ocasião, ele não reconheceu Bruno devido ao estado de decomposição do cadáver. No entanto, ele disse que as roupas ainda estavam visíveis e a família identificou o carioca após ver fotos.

“A bolsa que estava ao lado do corpo foi a namorada que deu. A namorada também reconheceu o chinelo que estava. Minha irmã reconheceu a blusa e o shorts. Um primo falou que o shorts foi ele que deu”, disse Marcelo, em entrevista ao g1 nesta quarta-feira (10).



Marcelo contou que esteve no Instituto Médico Legal (IML) de Praia Grande com a mãe e a irmã, nesta segunda-feira (8), para coletar material genético necessário para exame de DNA do corpo.

No entanto, Marcelo disse que a família já reconheceu Bruno pelas roupas e, inclusive, mobilizou arrecadou dinheiro para o transporte do corpo até o Rio de Janeiro, onde deve ser sepultado. No entanto, os familiares dependem do resultado oficial do exame para seguir com os trâmites.

“Seria uma coisa muito improvável alguém ter mexido no corpo, alterado roupa, essas coisas todas. Então, a gente acredita que seja ele”, enfatizou.

Ao g1, Marcelo contou que a família tem medo que o homem seja enterrado sem identificação, pois autoridades deram prazo de um mês a um ano para o resultado do DNA.

“A gente cobrou das autoridades agilidade nesse processo, que não demore tanto, porque a gente tem o sofrimento da família aguardando esse tempo todo. Mas, infelizmente, essa burocracia só é liberada com a confirmação, porque só o reconhecimento por pertences, roupas ou essas coisas, não é o suficiente para eles [autoridades]”, afirmou o irmão.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), por meio da Superintendência de Polícia Técnico-Científica (SPTC), informou que o tempo máximo para resultado do exame deve ser dois meses.

“Assim que colhidos, os materiais genéticos de familiares e da vítima são enviados ao Núcleo de Biologia e Bioquímica da SPTC, na Capital, para que a extração de perfis genéticos e suas comparações possam ser realizadas. Esse processo demanda tempo, por conta da sua complexidade, e costuma ser finalizado dentro de, aproximadamente, dois meses. A prorrogação de tempo para o resultado ocorre em casos excepcionais, por questões técnicas, e quando isso ocorre a autoridade solicitante sempre é informada”.

Um corpo foi encontrado em uma área de difícil acesso na Praia do Sangava, no dia 28 de março, enquanto Marcelo e moradores realizavam as buscas.

Corpo é achado em trilha onde turista carioca desapareceu em Guarujá (SP)

Corpo é achado em trilha onde turista carioca desapareceu em Guarujá (SP)

Bruno era acostumado a fazer trilhas e, dias antes de sumir, disse que faria um “camping selvagem”. Porém, ele entrou em contato pela última vez no dia 14 de março.

“Ele costuma fazer esse tipo de trilha, ter contato com a natureza, mas nunca deixou de dar satisfação para minha mãe, que fica em contato com ele porque se preocupa e, geralmente, ele faz essas atividades sozinho”. Na época, o caso foi registrado como desaparecimento de pessoa.

Carioca Bruno Rodrigues Magalhães, de 34 anos, desapareceu durante camping na Praia do Góes, em Guarujá (SP) — Foto: Arquivo Pessoal

De acordo com o relato no boletim de ocorrência (BO), ela disse ter sido roubada à mão armada por quatro criminosos na tarde do dia 15. Na ocasião, ela viu um homem careca, branco e alto também ser assaltado.

No boletim de ocorrência consta, segundo o relato da mulher, que a quadrilha pediu a corrente de ouro e uma pulseira dele, mas o homem reagiu ao assalto e foi baleado na coxa esquerda.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

caminhao-carregado-com-marmore-tomba-e-interdita-rodovia-pe.-manoel-da-nobrega,-sp

G1 Santos

Caminhão carregado com mármore tomba e interdita rodovia Pe. Manoel da Nóbrega, SP

Motorista perdeu o controle do veículo após uma roda do conjunto traseiro se desprender. Vítima foi socorrida em estado leve e recusou a remoção por parte do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Caminhão carregado com mármore tombou após perder conjunto de roda traseiro — Foto: Redes sociais Um caminhão carregado com pedras de mármore tombou na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, em Mongaguá, no litoral de São Paulo, na […]

today10 de abril de 2024 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%