Gospel Prime

Jovem cumpre prisão de cinco anos na Somália por conversão

today30 de novembro de 2022 15

Fundo
share close

Uma ex-muçulmana chamada Hani está cumprindo uma pena de cinco anos por ter se convertido ao cristianismo após ouvir sobre o evangelho através de seus colegas enquanto estudava na Etiópia, em outubro de 2021.

Nesse sentido, um homem cristão não identificado que conduziu Hani a Cristo conta que a jovem voltou para seu país, a Somália, em junho e com muita vontade de saber mais sobre o cristianismo. Ele é um dos cinco homens que foram presos em 2021 por converter-se do Islã ao Cristianismo e mais tarde libertados.

“Ela tinha ouvido falar de Cristo de seus amigos na Etiópia, e uma fome de verdade se desenvolveu nela. Pela graça de Deus, nós tínhamos contato. Após nossa libertação da prisão no ano passado, nos tornamos ainda mais corajosos em alcançar o evangelho, pois nossas famílias e amigos sabem de nossa fé”, afirmou.

Além disso, ele conta que seu grupo explicou o evangelho a Hani em detalhes e também a informaram sobre os riscos envolvidos em deixar o Islã e seguir a Cristo. Deixando claro que ela enfrentaria séria rejeição de sua família e perseguição por parte dos muçulmanos.

“Ela disse que havia mais esperança em Cristo do que seguir os ensinamentos do Alcorão, e ela não consideraria a aceitação pela família e perderia a vida eterna. Oramos por sua salvação e pedimos ao Senhor que a protegesse”, revelou ele.



No entanto, Hani não revelou imediatamente que ela havia se tornado cristã. Após uma semana, ela quis ser batizada depois de completar um breve treinamento sobre a fé cristã. Uma igreja subterrânea a batizou, e ela voltou para casa sem que nenhum membro de sua família soubesse.

“A conversão de Hani se tornou pública depois que ela compartilhou uma foto dela sendo batizada no Facebook. A família viu as fotos e chamou a polícia para ela. Ela foi presa e levada à prisão sob a acusação de conversão, o que é um delito punível na Somalilândia”, disse ele.

De acordo com ICC, ela ficou presa por um tempo, e sua liberdade foi prometida caso ela renunciasse a Cristo, mas Hani recusou. Em agosto, um tribunal a sentenciou a cinco anos de prisão. Ela foi considerada culpada de blasfêmia sem direito a fiança e sua conta no Facebook foi derrubada.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

teatro-guarany-comemora-140-anos-com-extensa-programacao-cultural

G1 Santos

Teatro Guarany comemora 140 anos com extensa programação cultural

O Teatro Guarany recebe uma programação cultural em comemoração ao aniversário de 140 anos da mais antiga casa de espetáculos de Santos, no litoral de São Paulo. As atrações começam nesta quinta-feira (1º) e reúnem peças, exposições, shows e roda de conversa. Os espetáculos de formatura da Escola de Artes Cênicas (EAC) Wilson Geraldo vão abrir a programação do aniversário. A peça 'Livre Adaptação de Terror e Miséria do Terceiro […]

today30 de novembro de 2022 45

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%