G1 Santos

Jovem de 18 anos representa o Brasil na Conferência do Clima da ONU no Egito: ‘experiência incrível’

today10 de novembro de 2022 29

Fundo
share close

Um jovem ativista ambiental de Iguape, no interior de São Paulo, está em Cairo, no Egito, a convite da Unicef para representar o Brasil na Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2022. Victor Medeiros Gatto, de 18 anos, foi selecionado para apresentar um projeto desenvolvido por ele e mais dois colegas, um documentário sobre o avanço do mar em regiões costeiras.

O morador do Vale do Ribeira e 39 jovens de outros países foram escolhidos por diferentes iniciativas. Victor chegou ao Egito no último domingo (6), dia em que começou o evento e, ao g1, contou se sentir orgulhoso em representar seu grupo e o trabalho desenvolvido.

O projeto Puro Ouro Verde, de acordo com Victor, tem por objetivo levar às escolas de periferias de Iguape e Ilha Comprida, no Vale do Ribeira, a conscientização sobre o avanço do mar. Para ele, educar sobre o assunto é trabalhar pensado no futuro.



“O tempo passa e não vamos ficar aqui para sempre. Em algum momento precisamos passar o bastão”, disse o jovem que, quando mais novo, se sentiu tocado pela luta em causa do meio ambiente e quer servir de inspiração a outros.

Oportunidade de divulgação

Victor encara a conferência como uma grande oportunidade para compartilhar experiências e divulgar o projeto Puro Ouro Verde, que desenvolveu junto com Ana Teresa Melyssa e Layssa. Nem mesmo o fato de não falar inglês tem intimidado o jovem, que retorna para Iguape no domingo (13). O evento, no entanto, prosseguirá até o dia 18.

“Por não saber falar inglês, acabo não conseguindo interagir tanto, mas muitas pessoas falam espanhol e também tem os brasileiros”. O jovem contou que a experiência tem sido incrível justamente pela troca de experiências, diversidade de povos e diferentes lutas.

Victor Medeiros Gatto, de 18 anos, tem um projeto escolar no Vale do Ribeira que conscientiza sobre o avanço do nível do mar. — Foto: Arquivo Pessoal

O Puro Ouro Verde nasceu do projeto Chama na Solução, uma iniciativa da Viração Educomunicação e Unicef Brasil. Victor, Ana Teresa e Layssa fazem oficinas em escolas utilizando, por exemplo, documentários e dinâmicas, sempre pensando no coletivo.

“O nosso mini documentário fala sobre o avanço do mar nas nossas regiões, mostrando tanto a visão técnica, quanto de quem sente isso na pele”, contou.

O projeto foi pensado justamente, segundo ele, por não se discutir os impactos do avanço do mar sobre as cidades do Vale do Ribeira. “Nosso tema principal é informar e evidenciar à população as questões ambientais da região e trabalhar como resolver [os problemas] em conjunto com as juventudes”.

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

justica-concede-home-care-para-servidor-publico-de-28-anos-com-tetraparesia-em-cubatao,-sp

G1 Santos

Justiça concede home care para servidor público de 28 anos com tetraparesia em Cubatão, SP

Em 2020, Caio sofreu um Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVC), que evoluiu para Síndrome de Locked-In, conhecida como Síndrome de Encarceramento. Com a progressão da doença, o servidor público tem muita dificuldade de locomoção. Ele permanece deitado em uma cama e utiliza cadeira de rodas quando necessita ir ao médico. Caio é beneficiário da Capep-Saúde desde 2017, três anos antes do AVC. Ele paga regularmente o plano e apresentou um […]

today10 de novembro de 2022 43

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%