G1 Mundo

Jovem morre ao cair de telhado durante protestos na França, diz polícia

today30 de junho de 2023 19

Fundo
share close

Na terça-feira começou uma onda de protestos na França, motivada pela morte de Nahel, um jovem de 17 anos que foi baleado à queima-roupa por um policial durante uma blitze de trânsito na cidade de Nanterre, na região de Paris.

Os protestos têm sido marcados por confrontos com a polícia. Veja abaixo os números de incidentes na última noite de manifestações:

  • 875 pessoas foram presas, sendo 408 em Paris e seus subúrbios;
  • 492 prédios foram atacados;
  • 2.000 veículos foram queimados;
  • ocorreram 3.880 incêndios nas ruas;
  • 249 agentes ficaram feridos.



Houve distúrbios em regiões importantes de Paris, como o centro comercial Les Halles e na rua Rivoli, que dá acesso ao Museu do Louvre. No país, delegacias, prefeituras e escolas também foram alvo dos manifestantes.

Festas escolares foram canceladas na área onde ocorreu a morte de Nahel, e o serviço público de ônibus e trens na região de Paris foi suspenso à noite.

Políticos de direita pedem estado de exceção

Políticos da oposição de direita e extrema direita pediram medidas mais severas. Sébastien Chenu, do partido de extrema direita de Marine Le Pen, solicitou o estado de exceção.

O presidente Emmanuel Macron adotou uma estratégia que enfatiza a responsabilidade dos pais e pediu que eles mantenham seus filhos em casa. Macron também pediu para que as redes sociais a removam conteúdos sensíveis relacionados à violência urbana e a identifiquem seus usuários.

A Justiça ordenou a prisão preventiva por homicídio culposo do agente de 38 anos que atirou em Nahel. Segundo o seu advogado, ele ficou “extremamente comovido” com a violência do vídeo dos acontecimentos.

Mounia, a mãe da vítima, disse ao France 5 que não culpa a polícia, mas apenas o agente que tirou a vida de seu filho, já que “ele viu um rosto árabe, um menino, e quis tirar a vida dele”.

Manifestantes entram em confronto com a polícia após a morte de Nahel, uma adolescente de 17 anos morta por um policial francês durante uma parada de trânsito, em Nanterre, subúrbio de Paris, França, 30 de junho de 2023. — Foto: REUTERS/Gonzalo Fuentes




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

venezuela-proibe-principal-politica-de-oposicao-de-ocupar-cargo-publico

G1 Mundo

Venezuela proíbe principal política de oposição de ocupar cargo público

A ex-deputada Maria Corina Machado, considerada a favorita para vencer a nomeação da oposição venezuelana para presidente nas primárias em outubro, foi proibida de ocupar cargos públicos por 15 anos, afirmou o controlador-geral do país. Machado, uma engenheira de 55 anos, lidera as pesquisas para as primárias com 13 candidatos. O vencedor dessas prévias vai enfrentar o presidente Nicolás Maduro nas eleições de 2024. Ela até pode concorrer nas primárias, […]

today30 de junho de 2023 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%