G1 Santos

Jovem que pulou de carro após motorista de app mudar de rota afirma que ‘se arriscava demais’ e está traumatizada

today18 de fevereiro de 2023 11

Fundo
share close

Ela contou ter entrado no carro de app chorando após ter sido reprovada no exame para obter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de motocicleta e, depois conversar com um amigo ao telefone, o motorista fez a proposta e começou a subir um morro. O suspeito chegou a ser levado Pela Guarda Civil Municipal (GCM) à delegacia, mas foi liberado e é investigado por ter cometido violência psicológica.

“Tenho que fazer as coisas. Como ainda não dirijo, porque reprovei na [prova prática] de moto e ainda vou fazer a de carro, estou indo mais de bicicleta fazer as coisas”. A jovem afirmou ter ficado traumatizada com a situação.

Segundo ela, muitas pessoas a criticaram por ter denunciado o caso. “Tem uma mulher que postou debochando da situação. É ruim ler os comentários [negativos]. Não faz bem para a cabeça de ninguém, [mas] estou tentando ficar bem”.



A jovem afirmou que chegou a andar em carro de aplicativo duas vezes após o fato, mas que estava acompanhada de amigos e familiares. “Só vou pegar [sozinha] se precisar. Aí vou compartilhar a localização com meu pai”.

“Eu quase nunca compartilhava as corridas. Me arriscava demais”.

Ela disse ter contado sobre o ocorrido apenas depois de ter chamado a polícia. “Ele ficou preocupado e foi correndo à delegacia. Ficou comigo lá por 3h pelo boletim de ocorrência. Minha mãe ficou sem acreditar. Todo mundo em choque”.

O g1 tentou entrar em contato com o motorista de aplicativo, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

G1 em 1 minuto - Santos: Mulher pula de carro em movimento após motorista mudar rota

G1 em 1 minuto – Santos: Mulher pula de carro em movimento após motorista mudar rota

A vítima conta que estava no bairro Cibratel fazendo a prova de habilitação de moto. Ela ficou mal após ter sido reprovada no exame e chamou um motorista por aplicativo para voltar para casa.

“Liguei para um amigo e estava conversando sobre isso na hora que entrei no carro. Quando desliguei, o motorista falou ‘por que você está triste, moça?’.”

A jovem respondeu que havia sido reprovada no teste de direção, e o motorista perguntou se ela queria conversar sobre isso. Ela, no entanto, falou que não, que só queria ir para casa. O homem insistiu.

“Falei que não queria conversar e só queria ir para casa. Percebi que ele estava indo no sentido contrário do caminho onde moro. Começou a virar ruas que não eram [parte do caminho para casa] e, quando olhei, ele estava subindo o morro e perguntei por que estava desviando“, conta. Segundo a jovem, ele não olhou para trás e continuou dirigindo.

“Em um tom maldoso, [falou] que estava me levando em um lugar bonito para chorar melhor. Na hora, só abri a porta e pulei [do carro]. Saí correndo e pedindo por socorro. Minha sorte foi que achei um cara com um cachorrinho. Ele [motorista] manobrou, pisou no acelerador, veio atrás de mim falando para eu voltar [para o carro]”, afirmou.

Ainda de acordo com ela, o motorista insistiu para que ela retornasse ao veículo, dizendo que a levaria para casa e que ele tinha família.

Em nota, a empresa de transporte por aplicativo 99 lamentou o caso e informou que, assim que a ocorrência foi registrada, o perfil do motorista foi bloqueado. Além disso, disse que mobilizou uma equipe para oferecer acolhimento e suporte à passageira.

A empresa também se colocou à disposição para colaborar com as autoridades, caso necessário, e afirmou ter segurança como prioridade, além de investir em recursos para oferecer proteção às usuárias, antes, durante e depois das corridas.

Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Itanhaém, SP — Foto: Polícia Civil/Divulgação

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

irma-de-homem-preso-por-arrastar-menino-de-12-anos-pela-orla-da-praia-diz-que-ele-‘surtou’-e-pensou-estar-com-o-filho

G1 Santos

Irmã de homem preso por arrastar menino de 12 anos pela orla da praia diz que ele ‘surtou’ e pensou estar com o filho

O homem de 35 anos que foi preso em flagrante após ser visto arrastando uma criança de 12 pela faixa de areia em Praia Grande, no litoral de São Paulo, teria confundido o menino com o próprio filho durante um surto psicótico, segundo a irmã dele, Karolina Cunha, de 23 anos. Ela disse, ainda, que suspeito foi diagnosticado com esquizofrenia. O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) determinou a […]

today18 de fevereiro de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%