G1 Mundo

Justiça da Coreia do Sul reconhece direitos de casais homoafetivos

today22 de fevereiro de 2023 14

Fundo
share close

A Justiça da Coreia do Sul decidiu, na terça-feira (21), reconhecer pela primeira vez os direitos de um casal homoafetivo. Ativistas afirmam que o veredicto é uma grande vitória para a comunidade LGBTQIA+.

Agora, o Supremo Tribunal do país vai tomar uma decisão final.

O processo foi movido por um casal de homens, So Seong-wook e Kim Yong-min, que moram juntos e realizaram uma cerimônia de casamento em 2019. A cerimônia não tinha validade jurídica, já que a Coreia do Sul não reconhece o casamento entre pessoas do mesmo sexo.



Em 2021, So processou o Serviço Nacional de Seguro de Saúde (NHIS), que retirou do plano de saúde o parceiro (que ele havia registrado como dependente) após descobrir que eram um casal gay.

Inicialmente, a Justiça deu razão ao NHIS, mas o Supremo Tribunal de Seul reverteu essa decisão na terça-feira e ordenou que a seguradora retomasse os benefícios para o parceiro de So como dependente.

“Estamos muito felizes. Não é apenas nossa vitória, mas também a de muitos casais homoafetivos e famílias LGBTQIA+ na Coreia”, disse o casal após a sentença, de acordo com seu advogado Park Han-hee.

O tribunal decidiu que o NHIS não forneceu “razões racionais fundadas” para tratar as uniões do mesmo sexo de maneira diferente dos casamentos de união estável, de acordo com uma cópia do veredicto fornecida por Park.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

na-florida,-jacare-mata-senhora-de-85-anos-que-estava-passeando-com-o-cachorro

G1 Mundo

Na Flórida, jacaré mata senhora de 85 anos que estava passeando com o cachorro

A vítima conseguiu salvar o cachorro antes de ser atacada pelo jacaré. Jacaré que matou uma senhora de 85 anos nos EUA é capturado Uma mulher de 85 anos foi morta por um jacaré na cidade de Fort Pierce, na Flórida, na segunda-feira (20) quando estava passeando com o cachorro dela. O jacaré a puxou para a água e a matou lá. Testemunhas que presenciaram a cena chamaram a polícia. […]

today22 de fevereiro de 2023 180

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%