G1 Santos

Justiça decreta prisão preventiva de PMs investigados por executar bandido desarmado no litoral de SP

today14 de dezembro de 2022 33

Fundo
share close

O pedido de prisão é para os seguintes policiais: Paulo Ricardo da Silva, Israel Morais Pereira de Souza, Diego Nascimento de Sousa e Eduardo Pereira Maciel. Os dois primeiros são apontados como os executores de Kaique de Souza Passos. Os demais são citados por tentar matar Vitor Hugo Paixão Coutinho, de 19 anos, com três disparos.

Na decisão, o juiz André Rossi defendeu que a prisão cautelar dos denunciados se mostra necessária para a garantia da ordem pública, em razão da gravidade concreta dos fatos revelados e da repercussão social dos delitos, praticados por policiais militares remunerados pelo Estado para preservar a ordem pública e proteger os cidadãos.

“Outrossim, caracterizada a necessidade da custódia preventiva por conveniência da instrução criminal, já que os denunciados, embora aparentemente primários, com residência fixa, profissão lícita, são também acusados da prática de fraude processual relacionada aos fatos em tela, evidenciando intenção de ocultar provas e causar embaraço à busca da verdade real“, disse Rossi.



De acordo com o MPSP, o pedido de prisão se justifica com base nos relatos de testemunhas, laudos juntados no processo, além das imagens captadas pelas câmeras usadas pelos policiais. “[Os policiais são] autores dos gravíssimos delitos ora apurados. Dessa forma, os elementos coletados até o momento são bastantes e suficientes para dar lastro à persecução penal [detenção]”.

“”A prisão dos quatro denunciados se faz necessária para garantia da ordem pública, tendo em vista a gravidade em concreto dos fatos que lhe são imputados”, consta em denúncia assinada pelas promotoras de Justiça substitutas, Nayane Cioffi Batagini e Mariana da Fonseca Piccinini.

Kaique foi morto mesmo sem estar armado e oferecer resistência. Situação foi revelada por câmeras usadas por policiais, segundo a Corregedoria da PM — Foto: Reprodução/Câmeras da PM

Quando inocentou os policiais, o MPSP não tinha tido acesso às imagens das câmeras. Ao serem analisadas, elas revelaram, segundo a Corregedoria e nova denúncia do Ministério Público, a execução de Kaique de Souza Passos, que faria 25 anos no último domingo (11). Ele foi morto com sete tiros, mesmo após ter aparecido nas imagens com os braços erguidos, em sinal de rendição.

Ainda de acordo com a Corregedoria, os policiais, no momento dos disparos, obstruíram as lentes das câmeras e simularam uma eventual agressão de Kaique, que sequer estava armado. Ao final, segundo a acusação, um simulacro [arma de brinquedo] teria sido colocado em posse do bandido.

Corregedoria acusa policiais militares de executar um suspeito desarmado e já dominado

Corregedoria acusa policiais militares de executar um suspeito desarmado e já dominado

Antes da morte de Kaique, os PMs haviam rendido um dos bandidos, de 33 anos, em uma passarela – este foi preso sem ferimentos.

Entretanto, um outro envolvido no assalto à casa em Bertioga, de 19 anos, que havia sido atingido por um disparo durante a perseguição, e abordado sem oferecer resistência, foi baleado novamente por um dos policiais no peito.

A situação, conforme o MPSP, é investigada como tentativa de homicídio. Durante a ação, para evitar registrar o disparo, um dos policiais presentes na abordagem correu em direção oposta aos fatos.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

morador-de-cubatao-ganha-r$-500-mil-em-sorteio-da-nota-fiscal-paulista

G1 Santos

Morador de Cubatão ganha R$ 500 mil em sorteio da Nota Fiscal Paulista

Consumidor contemplado mora no bairro Vila Nova. Consumidor de Cubatão foi contemplado com R$ 500 mil no 169º sorteio da Nota Fiscal Paulista — Foto: Reprodução/EPTV Um morador de Cubatão (SP) ganhou R$ 500 mil no último sorteio da Nota Fiscal Paulista (NFP). O prêmio foi um dos cinco principais do 169° sorteio da NFP, que aconteceu neste mês de dezembro e foi divulgado nesta terça-feira (13). Em novembro, a […]

today14 de dezembro de 2022 18

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%