G1 Mundo

Justiça do Reino Unido decide se extradita Julian Assange para os EUA nesta terça-feira

today26 de março de 2024 2

Fundo
share close

Essa pode ser sua última chance de evitar uma extradição para os EUA nos tribunais britânicos. O Reino Unido aprovou a extradição em 2022. Desde então, Assange tenta reverter essa decisão.

Procuradores norte-americanos querem processar Assange, de 52 anos, por divulgar registros militares e telegramas diplomáticos sigilosos dos EUA pelo WikiLeaks.

Os americanos argumentam que esses vazamentos colocaram em risco as vidas de seus agentes e que não houve motivos para esse crime. Os apoiadores de Assange o consideram um herói do jornalismo que está sendo processado por ter exposto irregularidades dos EUA.



Tentativas de evitar a extradição

A primeira tentativa de Assange de recorrer contra a transferência foi recusada. No mês passado, os advogados dele tentaram reverter a decisão.

Se Assange vencer, vai haver uma nova audiência para considerar novamente a sua contestação. Se ele perder, sua última opção seria um recurso na Corte Europeia de Direitos Humanos.

A esposa dele, Stella Assange, esreveu na rede X (antigo Twitter) que a chegou a hora: “Decisão amanhã”, afirmou.

Disputas legais de Assange

Durante as audiências, em fevereiro, a equipe de Assange argumentou que o processo é motivado por política e disse que ele está sendo visado por ter exposto “crimes de nível estatal”.

Eles afirmaram que o ex-presidente dos EUA Donald Trump havia solicitado “opções detalhadas” sobre como matá-lo.

Promotores dos EUA dizem que ele não está sendo processado pela publicação de materiais vazados, mas por ter auxiliado e conspirado com a ex-analista de inteligência militar norte-americana Chelsea Manning para obtê-los de maneira ilegal, divulgando nomes de fontes e “colocando esses indivíduos sob grave risco de danos”.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

pastor-batista-e-morto-a-tiros-em-mianmar

Gospel Prime

Pastor batista é morto a tiros em Mianmar

Um pastor batista foi assassinado no estado de Kachin, em Mianmar, marcando uma escalada sombria no conflito em curso na região. O pastor de 47 anos, ligado à Convenção Batista de Kachin, foi fatalmente baleado em sua loja de informática por três agressores não identificados.  O pastor Nammye Hkun Jaw Li, do município de Mogaung, sofreu ferimentos à bala na cabeça e no abdômen na segunda-feira. Segundo The Christian Post, […]

today26 de março de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%