G1 Mundo

Líbano diz que míssil israelense matou jornalista; Israel afirma que investiga ataque

today14 de outubro de 2023 8

Fundo
share close

As Forças Armadas do Líbano afirmaram neste sábado (14) que Israel lançou o míssil que atingiu um veículo com civis e que resultou na morte do jornalista da Reuters Issam Abdallah, na sexta-feira (13). As autoridades israelenses afirmaram, também no sábado (14), que estão investigando o incidente.

“O inimigo israelense lançou um míssil que atingiu um carro civil pertencente a um grupo de mídia que levou ao martírio do cinegrafista Issam Abdallah”, disse o alto comando do Exército libanês em comunicado publicado em seu site.

Em Jerusalém, o Exército israelense afirmou à imprensa que está ciente do ataque e investiga o incidente. “Estamos cientes do incidente com o jornalista da Reuters. Estamos investigando. Já temos imagens. Estamos fazendo interrogatórios. É uma coisa trágica”, disse o porta-voz militar Richard Hecht à imprensa.



Abdallah foi enterrado na sua cidade de origem, Khiam. Seu corpo foi levado da casa de sua família para o cemitério local. Dezenas de jornalistas e libaneses acompanharam o funeral.

A Reuters disse em comunicado que dois de seus jornalistas, Thaer Al-Sudani e Maher Nazeh, ficaram feridos no mesmo bombardeio, enquanto a TV Al-Jazeera do Catar, disse que seu cinegrafista Elie Brakhya e a repórter Carmen Joukhadar, também ficaram feridos.

A agência de notícias internacional francesa, Agence France-Presse, disse que dois dos seus jornalistas também ficaram feridos: a fotógrafa Christina Assi e o videojornalista Dylan Collins.

A AFP informou no sábado que a fotógrafa Christina Assi precisava de doações de sangue no American University Medical Center em Beirute, onde estava hospitalizada.

A fronteira Líbano-Israel tem testemunhado atos esporádicos de violência desde o ataque surpresa de sábado pelo grupo militante palestino Hamas ao sul de Israel.

Jornalistas de vários países têm ido ao Líbano para monitorizar a situação à medida que as tensões aumentam entre o Hezbollah e Israel.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

quem-e-ali-qadi,-que-israel-acusa-ter-comandado-ataque-terrorista-do-hamas

G1 Mundo

Quem é Ali Qadi, que Israel acusa ter comandado ataque terrorista do Hamas

Há 18 anos, Qadi foi preso por sequestrar e assassinar civis em Israel, mas deixou a cadeia após fazer um acordo para libertar o soldado israelense Gilad Shalit. Israel diz que matou dois chefes do Hamas após ataque; imagens aéreas mostram momento As Forças de Defesa de Israel confirmaram, neste sábado (14), a morte de Ali Qadi, um dos chefes do Hamas e responsável por comandar os ataques a tiros […]

today14 de outubro de 2023 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%