G1 Mundo

Liderados por Trump, republicanos associam, sem provas, cocaína encontrada na Casa Branca a filho de Biden

today8 de julho de 2023 8

Fundo
share close

Como sempre, o alvo preferido dos ataques é Hunter Biden, filho do presidente, que enfrentou problemas com dependência de drogas e álcool e vem sendo apontado, sem provas, como o autor do material.

Sem causar qualquer surpresa, o ex-presidente Donald Trump tomou a dianteira no rol de acusações.

“Alguém realmente acredita que a COCAÍNA encontrada na Ala Oeste da Casa Branca, bem perto do Salão Oval, seja para uso de outra pessoa que não seja Hunter e Joe Biden?”, escreveu ele na sua mídia social, a Truth Social.



Presidente dos EUA, Joe Biden, na companhia de seu filho Hunter Biden em igreja da Carolina do Sul em 13 de agosto de 2022 — Foto: Manuel Balce Ceneta/AP

“Mas, olha, logo a mídia falsa vai começar a dizer que a quantidade encontrada foi ‘muito pequena’ e que não era COCAÍNA mesmo, mas aspirina, e a história vai sumir”, acrescentou o ex-presidente, até agora o favorito para obter a indicação do Partido Republicano à Casa Branca.

A droga foi encontrada no último domingo, quando o presidente e a família sequer estavam na residência oficial e passavam o fim de semana prolongado pelo feriado de 4 de julho em Delaware.

O Serviço Secreto iniciou uma investigação sobre a origem do pacote, descoberto num setor bem movimentado da Ala Oeste, segundo a porta-voz da Casa Branca.

Casa Branca, nos Estados Unidos — Foto: Aaron Kittredge/Pexels

A mídia conservadora e de extrema direita, contudo, alimentou as especulações e batizou o escândalo de “Cocainegate”. Ao classificar todo o processo como suspeito, Julie Banderas, âncora da Fox News, conduziu seu programa de quinta-feira fazendo ilações ao filho do presidente.

“Não estamos dizendo que a cocaína é de Hunter Biden. O filho do presidente é ex-viciado em crack e deveria estar limpo. Ele recebeu um tapa por acusações que deveriam ser criminais. Por quê? Porque ele é filho do presidente. O tratamento preferencial é um assunto muito delicado. E, de fato, a cocaína foi encontrada em uma área da Casa Branca visitada por Hunter Biden”, insinuou a jornalista, criticando a “grande mídia” por não se juntar a ela nessa tese.

O filho do presidente, de 55 anos, tem sido a fonte de muitos problemas para Biden, explorados intensamente por seus opositores. Recentemente, ele foi acusado de sonegar impostos em 2017 e 2018 e de porte ilegal de armas e fez um acordo na Justiça para evitar a condenação.

Hunter Biden durante evento de Páscoa na Casa Branca, em Washington em 18 de abril de 2022 — Foto: Jonathan Ernst/REUTERS

Os republicanos, que agora controlam a Câmara, querem a todo custo investigar Hunter Biden por suposto tráfico de influência em negócios na Ucrânia na China, quando o pai era vice-presidente.

O episódio da cocaína serve também para medir o poder de fogo desta campanha eleitoral. Mirar no filho é uma forma de atingir Biden e minar o seu foco na reeleição.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

os-estudantes-que-dividem-casa-com-aposentados

G1 Mundo

Os estudantes que dividem casa com aposentados

Muitas vezes, seus colegas oferecem um ponto de vista diferente. “Eles estão na casa dos 70 anos e são casados há quase 40”, ela conta. “Elas sempre compartilham gotas de sabedoria.” Depois de se formar no ano passado, na Unidade de Falmouth — uma pequena e criativa universidade na Cornualha, no sudoeste da Inglaterra —, Jenkinson teve dificuldade para encontrar uma casa no competitivo mercado imobiliário de Falmouth. Até que, […]

today8 de julho de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%