G1 Santos

Lista traz criaturas exóticas achadas no litoral brasileiro tão diferentes quanto o ‘bebê Ness’ da Inglaterra

today13 de dezembro de 2022 17

Fundo
share close

Surgimento de criaturas exóticas como o ‘Bebê Ness’ é relativamente comum no litoral brasileiro.


Peixe foi batizado de ‘bebê ness’ por usuários do Reddit — Foto: Reprodução/Reddit



Internautas que utilizam a rede social Reddit repercutiram, nesta semana, imagens feitas em uma praia na Inglaterra que mostram um animal marinho bastante exótico. Por conta das características, a imagem rapidamente viralizou e foi batizada de ‘bebê do monstro do Lago Ness’, um ser mítico que, segundo relatos, habitaria a região das Highlands escocesas. Segundo o tabloide britânico Metro, porém, o animal aparenta, segundo especialistas, ser uma arraia com as nadadeiras removidas.

Peixe-morcego atraiu curiosos em praia de Santos, SP — Foto: Rubens Carvalho/Arquivo Pessoal

Nas praias brasileiras não chega a ser incomum alguns animais aparecerem e rapidamente viralizarem por serem considerados exóticos por turistas e moradores. Um exemplo clássico foi o ‘peixe-morcego’ que surgiu na praia do Itararé, em São Vicente, e virou uma espécie de atração turística. Na época, o animal foi recolhido após biólogos explicarem que ele tinha hábitos noturnos e que vivia, em geral, no fundo do mar.

Baiacu chamou a atenção de moradores e turistas na areia em Itanhaém, SP — Foto: Meire Ruiz/Arquivo Pessoal

Outro animal que despertou curiosidade apareceu em Itanhaém. O ‘peixe-balão’, que nada mais era do que uma espécie de baiacu. Ele foi alvo dos cliques da fotógrafa Meire Ruiz, que se surpreendeu com o fato do animal estar ‘inflado’. Na ocasião, especialistas explicaram que o animal possuía um veneno extremamente forte e que, por isso, a recomendação era de que as pessoas não se aproximassem.

Peixe-trombeta foi encontrado no litoral catarinense — Foto: Marcos Porto/Jornal de SC/Agência RBS

Já no litoral catarinense, um outro registro chamou a atenção em 2008. Um animal, que depois foi identificado como ‘peixe-trombeta’, foi capturado por um barco pesqueiro em Itajaí. O peixe tinha cerca de 1,75 metro e pesava cinco quilos. Na ocasião, a ideia era doar o animal exótico para o museu da Universidade do Vale do Itajaí. Segundo especialistas, a espécie é extremamente feroz e encontrada de forma solitária ou, no máximo, em pares.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

radar-de-viaduto-na-entrada-de-santos-sera-reativado-a-partir-de-quarta-feira

G1 Santos

Radar de viaduto na entrada de Santos será reativado a partir de quarta-feira

Aparelho registrará o excesso da velocidade limite regulamentada para o local de 40 km/h e a proibição de circulação de caminhões. Viaduto na entrada de Santos terá radar reativado a partir de quarta-feira — Foto: Prefeitura de Santos O radar localizado no viaduto Paulo Gomes Barbosa, na entrada de Santos, no litoral de São Paulo, será reativado a partir de quarta-feira (14). O aparelho registrará o excesso da velocidade limite […]

today13 de dezembro de 2022 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%