Pleno News

Lula e sua decisões acerca do aborto no Brasil

today17 de janeiro de 2023 60

Fundo
share close

Marco Feliciano
17/01/2023 17h27

Luiz Inacio Lula da Silva Foto: EFE/André Borges

Durante a campanha política para as eleições de 2022, qualquer menção de que, o então candidato, Lula seria favorável ao aborto, era passível de censura; até com suspensão nas redes sociais. Isso, apesar das declarações de Lula, de que “aborto é caso de saúde pública”. Assim foram impedidas qualquer citação do candidato a apoio ao aborto, de forma dura e intimidatória.

Mas, já nos primeiros dias de governo, as autoridades de saúde pública no país – lideradas pela nova ministra da saúde, que não é médica, mas sim ativista política, Nísia Trindade – manifestaram a vontade de interferir nas normas e leis contra o aborto, a fim de flexibilizar as proibições.

Tais manifestações foram prontamente rechaçadas pelos parlamentares conservadores. Principalmente, da frente parlamentar evangélica. Essa pronta resposta fez com que a ministra admitisse que teria dificuldades para enfrentar oposição à liberalização do aborto no Congresso.

Mas como diz o ditado: “O lobo perde o pelo, mas não perde o vício”. Assim, a ministra voltou à carga e revogou a portaria do ex-ministro Pazzuelo sobre aborto, que estabelecia a obrigatoriedade de aviso prévio à polícia em caso de aborto legal.



A medida do ex-ministro previa que a comunicação à autoridade policial era obrigatória e deveria ser feita pelo médico, ou por outros profissionais de saúde, ou ainda por responsáveis pela instituição onde seria realizado o procedimento. O objetivo era evitar declarações falsas de estupro por parte de gestantes irresponsáveis.

Já declarei que cerrarei fileiras com o objetivo de evitar que portarias e resoluções abram brechas na legislação oriunda do Congresso Nacional, votadas pelos verdadeiros representantes do povo, que são os senadores e os deputados, em votação nominal nas duas casas. E afirmo: “Deixem nossas crianças em paz! Aborto é assassinato!”.

Finalizo pedindo a Deus que continue a nos iluminar para que possamos impedir a agressão deliberada a nossos costumes cristãos de proteger a vida desde a concepção (Jeremias 1:5). E que Ele derrame as mais escolhidas bênçãos celestiais a todas as gestantes e seus frutos abençoados.

Marco Feliciano é pastor e está em seu terceiro mandato consecutivo como deputado federal pelo Estado de São Paulo. Ele também é escritor, cantor e presidente da Assembleia de Deus Ministério Catedral do Avivamento.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Leia também1 Lula retira Brasil de declaração internacional contra o aborto

2 Ministra revoga portaria sobre aborto que previa aviso à polícia

3 Ministra das mulheres de Lula: “Aborto é questão de saúde”

4 Lula nega ser favorável ao aborto e foge de discussão

Siga-nos nas nossas redes!

O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Pleno News.

Por: Marco Feliciano

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

dupla-filmada-arrancando-a-correntinha-de-cliente-em-bar-‘poupa’-o-celular-da-vitima

G1 Santos

Dupla filmada arrancando a correntinha de cliente em bar ‘poupa’ o celular da vítima

Caso aconteceu em Santos, no litoral de São Paulo. Dupla rouba corrente e cartão bancário de homem sentado em mesa de bar Dois jovens roubaram uma corrente e um cartão bancário de um homem sentado em uma mesa de bar em Santos, no litoral de São Paulo. O crime foi registrado pelas câmeras de monitoramento do estabelecimento. O cliente estava mexendo no celular, que não é levado pelos criminosos. (veja […]

today17 de janeiro de 2023 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%