G1 Mundo

Lula manifesta solidariedade a vítimas de terremoto que deixou mortos na Turquia e na Síria

today6 de fevereiro de 2023 48

Fundo
share close

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) manifestou solidariedade às vítimas do terremoto que atingiu uma região na fronteira entre a Síria e a Turquia, e deixou centenas de mortos nos dois países na manhã desta segunda (6) – noite de domingo (5), no horário de Brasília.

“Olhamos com preocupação para as notícias vindas da Turquia e Síria, após terremoto de grande magnitude. O Brasil manifesta sua solidariedade com os povos dos dois países, com as famílias das vítimas e todos que perderam suas casas nessa tragédia”, escreveu Lula em uma rede social.

Até as 9h20 desta segunda, o Ministério das Relações Exteriores ainda não havia informado a presença de brasileiros entre os mortos ou feridos pela catástrofe.



O balanço oficial dos governos da Síria e da Turquia apontava, até o mesmo horário, mais de 1,6 mil mortos e 50 mil feridos em decorrência do tremor.

Terremoto devastador deixa mais de mil mortos na Turquia

Terremoto devastador deixa mais de mil mortos na Turquia

O terremoto de magnitude 7,8 atingiu o sul da Turquia e o norte da Síria na segunda-feira, derrubando centenas de edifícios e matando pelo menos 1.200 pessoas nos dois países.

Acredita-se que centenas ainda estejam presas sob os escombros. O número de vítimas pode aumentar à medida que equipes de resgate vasculham os destroços em cidades e vilas tanto na Turquia quanto na Síria.

Em ambos os lados da fronteira turca, moradores foram acordados pelo terremoto antes do amanhecer e correram para fora em uma noite fria, chuvosa e com neve de inverno, enquanto os prédios foram destruídos e fortes tremores secundários continuaram.

Equipes de resgate e residentes em várias cidades procuraram por sobreviventes, trabalhando em emaranhados de metal e pilhas gigantes de concreto.

Terremoto mata mais de mil na Turquia e na Síria — Foto: Arte/g1




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

os-cinco-terremotos-mais-fortes-da-historia

G1 Mundo

Os cinco terremotos mais fortes da história

Mas tremores muitos mais potentes e mortais já atingiram o planeta no passado. O mais violento de que se tem registro aconteceu no Chile, em 1960, com 9,5 de magnitude, segundo dados do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês). O epicentro do terremoto foi localizado em Valdivia, no sul do país, e deixou 2 mil mortos e 2 milhões de feridos. Provocou ainda erupções de vulcões […]

today6 de fevereiro de 2023 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%