G1 Mundo

Lula participa de última reunião do Brics; encontro deve detalhar ampliação do bloco

today24 de agosto de 2023 5

Fundo
share close

A expansão do número de membros do Brics é uma das defesas de Lula. Já jmanifestaram interesse em se juntar formalmente ao grupo 40 países da África, da América do Sul, do Caribe e da Ásia .

A ministra das Relações Exteriores da África do Sul, Naledi Pandorm, declarou na quarta (23) que os líderes já chegaram a um acordo para adotar diretrizes de ampliação do Brics. Os detalhes devem ser conhecidos no último dia da cúpula.

“É muito importante a Argentina estar nos Brics. O Brasil não pode fazer política de desenvolvimento industrial sem lembrar que a Argentina tem que crescer junto”, disse em transmissão ao vivo, na terça (22).



Sediada em Joanesburgo, a 15ª cúpula do Brics tem a participação dos presidentes Lula (Brasil), Cyril Ramaphosa (África do Sul) e Xi Jinping (China), e do primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi. O presidente da Rússia, Vladimir Putin, participa de forma remota.

Cúpula do Brics: Líderes definem diretrizes e princípios para expansão do globo

Cúpula do Brics: Líderes definem diretrizes e princípios para expansão do globo

Em seu último dia, o encontro terá reuniões ampliadas, com a presença de representantes de cerca de 40 países convidados. Nações que manifestaram interesse em se juntar ao bloco estão na lista de convidadas.

A cúpula deverá ser encerrada no início da tarde (no horário de Brasília) desta quinta, com discurso dos líderes do Brasil, da Rússia, da Índia, da China e da África do Sul.

A agenda de compromissos de Lula também prevê participação em:

  • almoço oferecido pelo presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa
  • reunião com a primeira-ministra de Bangladesh, Sheikh Hasina
  • reunião com o presidente do Irã, Seyyed Ebrahim Raisi

Em imagem de janeiro, Lula cumprimenta o presidente de Angola, João Lourenço, durante cerimônia de posse, em Brasília — Foto: AP Photo/Eraldo Peres

É a segunda viagem do petista à África desde que tomou posse, em janeiro deste ano. Antes, ele fez uma passagem rápida por Cabo Verde, arquipélago africano no Atlântico.

A primeira parada será em Luanda, capital de Angola, ainda nesta quinta. Lula será recebido pelo presidente angolano, João Lourenço. Os dois terão uma reunião privada e outra ampliada no primeiro dia da visita.

O Itamaraty prevê que Lula deve permanecer em Angola até este sábado (26), com reuniões com lideranças políticas.

“É uma relação que se desdobra em vários setores. Além de se reunir com o presidente João Lourenço, o presidente Lula irá se dirigir à Assembleia Nacional de Angola, e também participar de um seminário, onde irá falar de um projeto no vale do Cunene, e de um evento empresarial que deverá ter a presença de cerca de 60 empresários brasileiros”, disse o embaixador Carlos Duarte, secretário de África e Oriente Médio do Itamaraty.

Reunião dos países de língua portuguesa

No domingo (27), último dia da viagem, Lula vai a São Tomé, capital de São Tomé e Príncipe. O presidente participará da 14ª Conferência de Chefes de Estado da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

A entidade tem como membros Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

“É um foro importante para os países de língua portuguesa estabelecerem apoio mútuo para outros organismos internacionais. A presidência da CPLP será passada de Angola para São Tomé e Príncipe nessa cúpula, depois de uma atuação forte em termos de cooperação econômica nos últimos anos”, afirmou Carlos Duarte.

A agenda prevê ainda encontros com lideranças políticas do país.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

o-que-se-sabe-sobre-queda-de-voo-com-chefe-do-grupo-wagner-na-russia

G1 Mundo

O que se sabe sobre queda de voo com chefe do Grupo Wagner na Rússia

As autoridades afirmaram que outro comandante do Grupo Wagner, Dmitri Utkin, também estava na aeronave. Todos os corpos foram encontrados no local, de acordo com a agência de notícias russa Interfax. Estavam no voo que caiu na região de Moscou, segundo a Autoridade Russa de Aviação Civil: Yevgeny PrigozhinDmitry UtkinSergey Propustin Yevgeny Makaryan Aleksandr Totmin Valeriy ChekalovNikolay MatuseevAleksei Levshin (comandante)Rustam Karimov (copiloto)Kristina Raspopova (comissária de bordo) Avião cai na Rússia […]

today24 de agosto de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%