G1 Santos

Mãe de seis que morreu após ser atingida por bala perdida na cabeça durante ação da PM é sepultada no litoral de SP

today30 de março de 2024 3

Fundo
share close

O velório começou na noite da última sexta-feira (29) na Santa Casa de Santos, onde Edneia não resistiu aos ferimentos e morreu após ficar um dia internada. A despedida contou com a presença de familiares e amigos da vítima, que fizeram um cortejo até o Cemitério da Areia Branca, onde ela foi sepultada.

De acordo com o boletim de ocorrência, Edneia estava sentada no banco da Praça José Lamacchia, no bairro Bom Retiro, conversando com uma amiga, quando foi baleada por volta das 18h de quarta-feira (27). A prima dela contou ao g1 que a vítima havia acabado de deixar um dos seis filhos no barbeiro.

O tio de Edneia, Gilson Manoel da Silva, de 50 anos, culpou a ação dos PMs. “A bala partiu deles [PMs], não foi de bandido”. O familiar reforçou que não houve troca de tiros na comunidade, só no boletim de ocorrência (veja a versão abaixo).



O tio disse, ainda, que os policiais não socorreram a sobrinha. Questionada sobre a alegação, a SSP-SP não respondeu. A vítima foi levada por testemunhas à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Zona Noroeste e, em seguida, transferida à Santa Casa, onde permaneceu internada até a morte.

Mãe de seis que morreu após ser atingida por bala perdida na cabeça durante ação da PM é sepultada, em Santos (SP) — Foto: Reprodução Redes/Sociais e Reprodução/TV Tribuna

“Vamos brigar, colocar um advogado contra o estado, mas é isso, só a polícia tem razão e eles matam mesmo”, disse o tio, sobre o disparo que acertou Edneia. Os policiais do 5º DP de Santos assumiram a investigação do caso.

A ação, que será movida contra o estado, de acordo com ele, visa para responsabilizar o governo a ajudar o pai dos seis filhos de Edneia. “Quem vai cuidar da educação das crianças e dos traumas que elas vão carregar para toda a vida?”, questionou. “Nós não somos nada. Estamos jogados às traças”.

“Isso acontece porque é favela. Acham que o pessoal lá não é ser humano, não é ninguém. Ela vai virar estatística”.

Gilson disse que nunca imaginou passar por tal situação. Ele diz se perguntar: ‘quem os policiais queriam acertar com o tiro?’. “Não tinha ninguém ali na hora de bandido. Quem eles queriam acertar? […] quero saber se os policiais vão dormir em paz sabendo o que fizeram com a minha sobrinha”.

Mulher de 31 anos morre após ser vítima de bala perdida em Santos, SP — Foto: Arquivo pessoal

Em nota, a SSP-SP informou que todas as circunstâncias relativas aos fatos são rigorosamente investigadas pelo 5º DP de Santos e pela Polícia Militar, que instaurou um Inquérito Policial Militar (IPM).

Na ocasião, exames periciais foram solicitados e, tão logo os laudos sejam concluídos, serão remetidos à autoridade policial para análise e esclarecimento do caso.

Segundo a pasta, as forças de segurança do estado são instituições legalistas que operam estritamente dentro de seu dever constitucional, seguindo protocolos operacionais rigorosos.

As corregedorias, de acordo com a SSP-SP estão à disposição para formalizar e apurar toda e qualquer denúncia contra seus agentes.

Tiroteio ocorreu na Praça José Lamacchia, no bairro Bom Retiro, em Santos (SP) — Foto: Thais Rozo/g1

Policiais militares da Rocam faziam patrulhamento em motos pela Avenida Hugo Maia, sentido Jovino de Melo, quando viram uma motocicleta em alta velocidade entrando na avenida. Eles pediram para o motociclista parar, mas o piloto não obedeceu, fugiu e entrou na praça.

Para se resguardar, a equipe da PM parou de acompanhar o veículo e ficou parada no cruzamento da Avenida Hugo Maia com a Jovino de Melo. Neste momento, segundo o boletim de ocorrência, o motociclista e o garupa teriam atirado aproximadamente cinco vezes em direção aos agentes.

Um dos PMs reagiu e efetuou um tiro contra os suspeitos. Em seguida, os homens abandonaram a moto e correram em direção ao beco da praça, disparando mais cinco vezes. Os policiais fizeram o retorno pela Rua Washington de Almeida e acessaram a praça pelo lado oposto.

A moto foi encontrada sem a chave na ignição. Em pesquisa no sistema, a equipe constatou que não havia queixas de crimes envolvendo o veículo. Durante essa consulta, eles foram informados por testemunhas de que a mulher em questão havia sido baleada e socorrida.

No baú da moto, a PM encontrou um conjunto de capa de chuva preto, um boné vermelho e um carregador de celular. Também foi requisitada perícia para o local e exame residuográfico para as mãos do PM que fez o disparo. A pistola dele também foi apreendida.

O caso havia sido registrado como homicídio tentado e localização e apreensão de veículo na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Santos. Os suspeitos não foram encontrados. O veículo abandonado foi encaminhado ao 7º Distrito Policial (DP).

Vítima não resistiu aos ferimentos e morreu na Santa Casa de Santos (SP) — Foto: Alexsander Ferraz/A Tribuna Jornal

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

pedro-sampaio-grava-musica-de-adolescente-que-conheceu-no-litoral-de-sp;-video

G1 Santos

Pedro Sampaio grava música de adolescente que conheceu no litoral de SP; VÍDEO

Pedro Sampaio conheceu o adolescente quando chegou ao aeroporto de Itanhaém, antes de fazer um show na cidade vizinha. Na ocasião, Thiago disse ser cantor ao DJ e foi convidado para assistir ao show. Ele foi chamado para o palco durante a apresentação. Pedro Sampaio grava música de adolescente que conheceu no litoral de SP Pouco mais de um mês depois, a produção do artista entrou em contato com a […]

today30 de março de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%