G1 Santos

Mãe suspeita de fraturar costelas do filho por ‘bagunça’ é atacada ao ser presa no litoral de São Paulo: VÍDEO

today6 de outubro de 2022 48

Fundo
share close

A mulher suspeita de agredir brutalmente e fraturar oito costelas do próprio filho foi hostilizada por moradores de São Vicente, no litoral de São Paulo, ao ser presa no município. Imagens captadas pela TV Tribuna, emissora afiliada à Rede Globo, mostram ela sendo conduzida ao 2º Distrito Policial da cidade enquanto era atacada verbalmente por moradores da região (veja o vídeo acima). O g1 tentou contato com a defesa da mulher, mas ela ainda não havia sido constituída até a publicação da reportagem.

A suspeita foi detida em Itanhaém, também no litoral paulista, escondida dentro de um barraco abandonado. Segundo Boletim de Ocorrência registrado pela Polícia Civil e obtido pelo g1 nesta quinta-feira (6), a mulher teria dito que “já sabia que era procurada” e, na sequência, se entregou voluntariamente.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, a mulher foi encaminhada à Cadeia Pública Feminina de São Vicente (SP). Conforme reportado anteriormente, o padrasto do menino, que também estaria envolvido nas agressões, foi encontrado morto e com marcas de tiros pelo corpo. A suspeita da polícia é que ele tenha sido encontrado por criminosos que decidiram se vingar por conta das agressões.

Preocupados com a integridade física da suspeita, os policiais que a levaram até a delegacia precisaram intervir para evitar que ela fosse agredida pelos moradores. Em determinado momento, um dos agentes precisou enquadrar algumas pessoas que se aglomeraram no local e passaram a ameaçar agredir a mãe da criança, que foi levada para uma cela isolada.

Mulher suspeita de agredir o filho é presa no litoral de São Paulo — Foto: Reprodução/TV Tribuna



Segundo apurado pelo g1, o pai do menino cuidava dele e dos outros dois filhos, mas recentemente perdeu a esposa para o câncer. Por conta disso, a ex-mulher dele e mãe do menino disse que ficaria com as crianças para ajudá-lo a passar por esse momento.

No dia 28 de setembro, o menino de quatro anos teria sido agredido pela mãe e pelo companheiro dela.

Após o episódio, o padrasto levou a criança para a casa dos pais dele, que levaram o menino para o hospital. “A mãe do padrasto falou que o filho dela tinha aparecido na casa da família com o menino enrolado em um lençol, e disse que ele [o menino] estava muito mal”, explicou a conselheira tutelar Valdelice Alves, em entrevista ao g1.

Violência e abuso sexual infantil: saiba como denunciar

Violência e abuso sexual infantil: saiba como denunciar

A conselheira disse ainda que o menino foi reanimado no hospital e contou o que aconteceu para as enfermeiras. “Ele contou que a mãe bateu nele e depois colocou ele no banho gelado. O menino chegou no hospital com hipotermia, por isso foi preciso essa reanimação”, explicou a conselheira.

O vídeo feito pela mãe do menino mostra ela falando com ele após as agressões. Ele está sem roupas, encostado na parede e machucado. A mulher diz: “Tá rangindo tu? Tu tá rangindo e tá virando a cabeça? Dentro da minha casa você não vai fazer bagunça. Você não vai fazer bagunça (sic)”.

A conselheira tutelar disse que, diante da reação positiva da criança ao ver o pai no hospital, foi tomada a decisão de deixar o menino com ele. Ela disse ainda que o Ministério Público foi informado do caso.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que a delegada da Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher de São Vicente não irá falar sobre o caso por se tratar de ocorrência envolvendo um menor de idade.

Conforme reportado pelo g1, a Polícia Civil divulgou, na quarta-feira (5), que o padrasto do menino foi baleado várias vezes e morto – o autor do crime ainda não foi identificado. Na mesma data, a corporação prendeu a mãe da criança em Itanhaém (SP).

Criança é brutalmente agredida em São Vicente, SP

Criança é brutalmente agredida em São Vicente, SP

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

homem-mata-a-namorada,-revela-onde-estava-o-corpo-e-e-liberado-pela-policia-no-litoral-de-sao-paulo

G1 Santos

Homem mata a namorada, revela onde estava o corpo e é liberado pela polícia no litoral de São Paulo

Autor do crime não foi preso. Ele se apresentou à delegacia e foi ouvido, indiciado e liberado. Homem é indiciado após matar a namorada e deixar corpo em casa no litoral de SP — Foto: Reprodução Um homem, de 36 anos, foi indiciado por feminicídio após confessar ter matado a namorada, de 40, em São Vicente, no litoral de São Paulo. Conforme apurado pelo g1 nesta quinta-feira (6), o corpo […]

today6 de outubro de 2022 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%