G1 Santos

Maria-leque-do-sudeste, ave rara e vulnerável à extinção, é vista e fotografada; VÍDEO

today11 de abril de 2024 5

Fundo
share close

Um morador de Iporanga, no interior de São Paulo, recebeu a visita inusitada de uma maria-leque-do-sudeste (Onychorhynchus swainsoni), ave rara exclusiva da Mata Atlântica e vulnerável à extinção. Imagens obtidas pelo g1, nesta quinta-feira (11), mostram o pássaro exibindo a chamativa crista colorida, característica que o diferencia de outras espécies (assista acima).

Kenio Silva Matos, de 48 anos, fez alguns cliques do pássaro no rancho dele, na manhã do último sábado (6). Ele costuma deixar comida para aves, como o beija-flores, que fazem aparições frequentes. Por volta de 11h daquele dia, no entanto, ficou surpreso ao encontrar o animal no chão da casa.

“Estava na sala, no chão. Ficou parado olhando para mim […]. Achei que era um passarinho simples, normal, porque algumas vezes acontece de pássaro bater no vidro. Quando eu o peguei e saí para ver como ele estava, aí que ele abriu o ‘lequezinho’ da cabeça dele. Me surpreendi, nunca tinha visto um pássaro desses”.



Ave rara voltou para a natureza após sessão de fotos com morador de Iporanga (SP) — Foto: Kenio Silva Matos

O marceneiro notou que a ave estava um pouco “mole”. Como já tinha visto alguns salvamentos de pássaros na televisão, fez uma massagem no peito do visitante usando o próprio dedo. A maria-leque-do-sudeste começou a se animar e ganhou um pouco de água antes de Kenio fotografá-la.

“Quando ele melhorou, deixei em cima da bancada. Ele ficou um pouquinho. Ele deu até um sorrisinho para a gente. Pareceu tipo um sorriso assim de ‘obrigado por ter feito isso por mim’. E, de repente, saiu voando e foi embora. Graças a Deus, fiz minha parte. Hoje, ele deve estar bem”, afirmou.

De acordo com o biólogo Andreth Oliveira, o macho da maria-leque tem crista vermelha, já a fêmea tem a crista laranja. A ave é exigente em relação às florestas e precisa de uma área bem preservada para habitar.

Podendo ser encontrado a até 800 metros de altitude, nos estados do Sudeste e Sul, o pássaro se alimenta de insetos que pega em pleno voo. Ele está no status de vulnerável à extinção, isto é, no início da categoria de ameaça. “A ameaça é devido à destruição do habitat”.

Ele explicou que como a Mata Atlântica foi castigada, a consequência é que essa e tantas outras espécies fiquem vulneráveis.

Ave foi encontrada no chão de um rancho em Iporanga (SP) — Foto: Kenio Silva Matos

‘Uma das aves mais belas’

Juliana Cruz, educadora ambiental com formação em Ecoturismo, disse que pela imagem o pássaro aparenta ser macho: “se fosse fêmea essas penas da crista seriam mais tom de laranja”, disse.

Praticante e condutora da atividade de birdwatching – observação de pássaros – desde 2010, ela nunca avistou uma ave dessa espécie de perto.

“Ela é uma ave rara. Mas, todo ano, o pessoal vai para algumas regiões do Sudeste apenas para ver e fotografar a espécie. É uma das aves mais belas da Mata Atlântica”, explicou.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

homens-armados-com-facas-brigam-em-praca-no-litoral-de-sp;-video

G1 Santos

Homens armados com facas brigam em praça no litoral de SP; VÍDEO

Caso aconteceu em São Vicente (SP). Conforme apurado pelo g1, um deles usava uma faca de cozinha, enquanto o outro segurava uma espécie de 'peixeira'. Homens com facas vão para a delegacia após briga em praça no litoral de SP Dois homens, de 65 e 41 anos, foram filmados brigando e ameaçando um ao outro com facas em São Vicente, no litoral de São Paulo. O g1 apurou, nesta quinta-feira […]

today11 de abril de 2024 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%