Gospel Prime

Membros de igreja doméstica são libertos no Vietnã

today16 de março de 2024 3

Fundo
share close

Após uma semana de detenção, três membros de uma igreja doméstica protestante independente no Vietnã foram libertados e estão agora de volta às suas famílias.

Os três homens, todos parentes, foram presos arbitrariamente pela polícia na província de Dak Lai. Sua igreja doméstica é uma entre muitas que não são oficialmente reconhecidas pelo Partido Comunista Vietnamita, o que as torna alvos de assédio e discriminação por parte das autoridades locais e estaduais.

O Pastor Y Khen Bdap, condenado há uma década a quatro anos de prisão por suas atividades religiosas, relatou à Rádio Free Asia que os três homens presos e posteriormente libertados são membros de sua família.

De acordo com International Christian Concern, ele ressaltou que o assédio aos cristãos em sua região continua a ser uma preocupação constante.






Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

cristao-de-18-anos-acusado-de-blasfemia-e-liberto-sob-fianca-no-paquistao

Gospel Prime

Cristão de 18 anos acusado de blasfêmia é liberto sob fiança no Paquistão

Um jovem cristão de 18 anos acusado de blasfêmia foi libertado sob fiança na quinta-feira (14), no Paquistão, após uma semana de confinamento solitário. Ashbeel Ghauri foi preso em 6 de março depois que um ex-colega de classe o acusou de blasfêmia por meio de um grupo de discussão no WhatsApp em janeiro. Ele foi acusado de acordo com a Seção 295-A dos estatutos de blasfêmia do Paquistão, que trata […]

today16 de março de 2024

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%