G1 Mundo

Mesmo se for condenado, Trump pode ser eleito, governar os EUA em prisão domiciliar e conceder perdão aos seus próprios crimes

today3 de agosto de 2023 4

Fundo
share close

Convocado para comparecer ao tribunal nesta quinta-feira (3), o ex-presidente protagoniza um dos maiores constrangimentos institucionais da história dos Estados Unidos.


Acusado de tentar reverter o resultado das eleições de 2020, Donald Trump protagoniza um dos maiores constrangimentos institucionais da democracia dos Estados Unidos. Ele é o primeiro ex-presidente americano a ser acusado criminalmente na história do país.



  • conspiração contra o país;
  • conspiração para desrespeitar direitos civis;
  • conspiração para tentar obstruir um procedimento oficial; e
  • obstrução de um procedimento oficial (reconhecimento das eleições no processo).

Donald Trump — Foto: Marco Bello/Reuters

Em entrevista a Natuza Nery, a correspondente da TV Globo em Nova York Carolina Cimenti explica os impactos das acusações para a complexa corrida eleitoral nos Estados Unidos, que começa no ano que vem.

“O ano eleitoral americano é cheio de datas: tem primárias, tem cálculos, tem eventos dos partidos, tem debate. É um ano extremamente intenso. E isso tudo vai acontecer ao mesmo tempo em que serão realizados esses julgamentos.”

As possíveis condenações, no entanto, não representam uma ameaça institucional à carreira de Trump.

“Trump pode concorrer a eleição mesmo que seja preso e pode ser presidente em prisão domiciliar “, explica. “A gente tem que lembrar que o presidente, aqui nos Estados Unidos, pode perdoar qualquer pessoa de qualquer crime, e pode, inclusive, se auto perdoar.”

“Se ele não for eleito presidente, ele pode simplesmente ir atrasando essa decisão até chegar à Suprema Corte e tenha mais chances de ser perdoado…. Teoricamente, ele teria a maioria dos juízes conservadores.”

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

onca-pintada-ganha-‘picole-de-sangue’-para-enfrentar-calorao-em-zoologico-dos-estados-unidos

G1 Mundo

Onça-pintada ganha ‘picolé de sangue’ para enfrentar calorão em zoológico dos Estados Unidos

Com as temperaturas ultrapassando a casa dos 35ºC, um zoológico de Houston, nos Estados Unidos, resolveu oferecer um "picolé de sangue" para uma onça-pintada que vive na instituição. O refresco é feito principalmente com sangue de cavalo. Na quarta-feira (2), Houston, que fica no Texas, registrou máxima de 38ºC. Atualmente, a região enfrenta um alerta de calor excessivo, com temperaturas podendo ultrapassar os 40ºC nos próximos dias. A onça-pintada chamada […]

today3 de agosto de 2023 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%