Gospel Prime

Migrante que virou astronauta diz que Deus o chamou para o espaço

today26 de setembro de 2023

Fundo
share close

José Hernández, ex-astronauta da NASA, teve sua história de superação transformada em filme na Amazon Prime. O filme “A Million Miles Away” conta a trajetória extraordinária de Hernández, desde sua infância como trabalhador migrante até sua realização como astronauta.

Agora com 61 anos, José Hernández enfrentou 11 rejeições da NASA antes de finalmente ser aceito no programa de astronautas em 2004. Ele descreve seu sucesso como resultado de sua pura “ingenuidade”. Sua história começou como a de um trabalhador migrante, ele não falava inglês até os 12 anos, mas sua professora reconheceu seu potencial e incentivou seus pais a apoiar sua educação.

“Atribuo meu sucesso à pura ingenuidade. Aos 10 anos, em 1972, lembro-me de ver a nossa TV de orelha de coelho e vi o astronauta Gene Cernan caminhar na superfície da Lua enquanto Walter Cronkite narrava o moonwalk. E eu disse a mim mesmo: ‘Quero ser astronauta’. Senti um chamado claro de Deus”, conta

Nesse sentido, seu sonho de se tornar um astronauta era audacioso, considerando sua origem humilde e as barreiras que enfrentava. Ele perseverou, obteve diplomas de bacharel e mestrado em engenharia e trabalhou no Lawrence Livermore National Laboratory, onde ajudou a desenvolver o primeiro sistema de imagem de mamografia digital.

No entanto, sua jornada para se tornar um astronauta estava longe de ser fácil. Hernández foi rejeitado pela NASA 11 vezes, mas cada rejeição apenas aumentou seu desejo de ir para o espaço. Finalmente, em 2004, ele foi aceito no programa de treinamento da NASA, e fez história em 2009, quando participou da missão do ônibus espacial Discovery, a primeira a enviar dois astronautas latinos ao espaço.



De acordo com The Christian Post, ele relembrou o momento inspirador de deixar a atmosfera da Terra, descrevendo a emocionante viagem de zero a 17.500 milhas por hora e a intensa pressão experimentada durante a decolagem, ele conta como se sentiu privilegiado em ser uma das menos de 600 pessoas que viram a Terra de fora.

“Ao ver a Terra à distância, você percebe: ‘Uau, somos apenas uma raça, a raça humana. E somos todos filhos de Deus’. Como é triste que os seres humanos tenham criado fronteiras porque tudo o que elas fazem é nos dividir. Gostaria que nossos líderes mundiais soubessem disso, pois se soubessem, não teríamos os problemas que temos com a Ucrânia e a Rússia, a Coreia do Norte e a Coreia do Sul, a China e Taiwan”, apontou.

Além de sua incrível jornada pessoal, Hernández enfatiza a importância contínua da exploração espacial para o avanço tecnológico e a competitividade global dos EUA. Ele espera que sua história inspire não apenas aspirantes a astronautas, mas qualquer pessoa que busque superar obstáculos e seguir seus sonhos.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

guaruja-planta-1,4-mil-arvores-e-planeja-acoes-para-aprimorar-qualidade-do-ar

Prefeitura de Guarujá

Guarujá planta 1,4 mil árvores e planeja ações para aprimorar qualidade do ar

Iniciativa da Prefeitura é fruto do Projeto Atlas da Poluição Ambiental, que monitorou áreas portuárias em Vicente de Carvalho durante dois anos Mais de 1,4 mil árvores plantadas, ampliação do diálogo para criação de políticas públicas e novas metas. É com essas medidas que a Prefeitura de Guarujá pretende aprimorar a qualidade do ar em áreas portuárias do Distrito de Vicente de Carvalho, que foi monitorada entre 2019 e 2020 […]

today26 de setembro de 2023

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%