G1 Mundo

Milhares de pessoas voltam às ruas de Berlim em protestos contra a extrema direita

today4 de fevereiro de 2024 3

Fundo
share close

Trata-se do quarto final de semana consecutivo de atos em toda a Alemanha contra o extremismo de direita. Outras cidades também registraram protestos semelhantes neste sábado, como Freiburg, onde cerca de 30 mil pessoas protestaram, Augsburg, com 25 mil, e Hanover, com cerca de 10 mil participantes.

A onda de manifestações foi deflagrada após a revelação de uma reunião realizada em Potsdam com a participação de neonazistas e membros do AfD, na qual foi apresentado um plano para a deportação em massa de milhões de imigrantes e “cidadãos não assimilados”.

De acordo com um repórter da agência de notícias AFP, centenas de pessoas deram as mãos para formar um anel simbólico ao redor do Reichstag, a sede do Bundestag, simbolicamente protegendo-o de ataques da extrema direita.



Mais de 1.300 associações, iniciativas e instituições convocaram a manifestação sob o lema “Nós somos o firewall”, também chamado no jargão político de cordão sanitário, que expressa a tática de impedir a AfD de se aliar a outras legendas na formação de governos.

Pessoas protestam contra o extremismo de direita e pela proteção da democracia, em Berlim — Foto: REUTERS/Fabrizio Bensch

Vários políticos participaram da manifestação em Berlim, incluindo Saskia Esken, copresidente do Partido Social-Democrata (SPD) do chanceler federal Olaf Scholz, e o ministro da Saúde Karl Lauterbach, do mesmo partido.

A ministra da Família, Lisa Paus, do Partido Verde, que forma a coalizão de governo alemão ao lado do SPD e do Partido Liberal Democrático (FDP), também estava no ato em Berlim, e afirmou que o engajamento das pessoas “era muito importante nos tempos atuais”.

Scholz expressou seu apoio aos protestos em toda a Alemanha em uma mensagem no X, chamando-os de “um forte símbolo para a democracia e nossa Constituição”.

Tino Chrupalla, copresidente da bancada parlamentar da AfD, afirmou em uma entrevista à rádio Deutschlandfunk que era “legítimo ir às ruas com o governo”, mas considerava que os protestos estariam sendo instrumentalizados pela coalizão que hoje comanda a Alemanha. “O governo está no momento usando as convocações das manifestações para distrair a atenção dos problemas reais”, afirmou.

Embora o partido de ultradireita tenha visto seus índices de popularidade caírem ligeiramente após a revelação do encontro em Potsdam, ele é atualmente o segundo partido mais popular da Alemanha, com apoio de cerca de 20% dos alemães, e fica atrás apenas da União Democrata Cristã (CDU), de centro-direita.

Neste ano haverá três importantes eleições estaduais no leste da Alemanha, onde o apoio da AfD é mais forte e a legenda tem chances de eleger seu primeiro governador.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

voce-viu?-explosao-de-casos-de-dengue;-carlos-bolsonaro-na-mira-da-pf;-o-voo-de-amelia-earhart;-e-o-chip-cerebral-implantado-em-cerebro-humano

G1 Mundo

Você viu? Explosão de casos de dengue; Carlos Bolsonaro na mira da PF; o voo de Amelia Earhart; e o chip cerebral implantado em cérebro humano

Explosão de casos de dengue no Brasil Como saber se você está com dengue e se é grave 🦟🦟🦟 Considerada a arbovirose urbana mais prevalente nas Américas, principalmente no Brasil, a dengue é transmitida pela picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti e tem quatro sorotipos (que podem causar as diferentes formas da doença): DENV-1; DENV-2; DENV-3; e DENV-4 . Todas as faixas etárias são igualmente suscetíveis à dengue, mas […]

today4 de fevereiro de 2024 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%