G1 Mundo

Moscou atinge cidade ucraniana em represália ao ataque sem precedentes que matou civis na Rússia

today31 de dezembro de 2023 7

Fundo
share close

A Rússia lançou novos ataques contra a Ucrânia na madrugada de domingo (31). Esses novos bombardeiros russos ocorrem um dia após o ataque atribuído ao exército ucraniano que, de acordo com o governador local, deixou 24 pessoas mortas, outras 108 feridas no sábado (30), em Belgorod, uma cidade russa localizada a cerca de 80 km ao norte da cidade ucraniana de Kharkiv e a 30 km da fronteira.

O ataque a Belgorod foi contabilizado como o mais mortal contra civis na Rússia desde o início da invasão do território ucraniano, em fevereiro de 2022, e o Ministério da Defesa russo garantiu que ele não ficaria “impune”. Como retaliação, drones de fabricação iraniana atacaram a cidade de Kharkiv, no nordeste da Ucrânia, durante esta noite, de acordo com um porta-voz russo.

Entre as vítimas estavam dois adolescentes e um britânico, que era o conselheiro de segurança de uma equipe de jornalistas alemães, de acordo com as autoridades ucranianas.



A Ucrânia, por sua vez, disse no domingo que havia abatido 21 dos 49 drones lançados em seu território durante a noite. O prefeito da cidade de Kharkiv, Igor Terekhov, se pronunciou no Telegram sobre edifícios residenciais e comerciais danificados, mas não mencionou vítimas.   

“Na véspera do Ano Novo, os russos querem intimidar nossa cidade, mas não temos medo”, acrescentou.

O governador da região ucraniana, Oleg Sinegoubov, disse que os foguetes atingiram um hotel, prédios residenciais, clínicas e hospitais, ferindo 28 pessoas.

Rússia acusa Ucrânia de matar 20 pessoas em ataque a cidade russa na fronteira dos dois países

Rússia acusa Ucrânia de matar 20 pessoas em ataque a cidade russa na fronteira dos dois países

O Ministério da Defesa da Rússia disse neste domingo que havia atingido “centros de tomada de decisão e instalações militares” em Kharkiv, no nordeste da Ucrânia, em retaliação ao ataque sem precedentes à cidade russa de Belgorod no dia anterior.

“Em resposta a esse ato terrorista, as forças armadas russas atingiram centros de tomada de decisão e instalações militares”, disse o ministério no Telegram, enquanto Kiev garantiu que edifícios residenciais, um hotel e cafés foram atingidos. Moscou ainda nega ter como alvo civis na Ucrânia.

A Rússia reconheceu que tinha como alvo um “antigo complexo hoteleiro”, o Palácio de Kharkiv, mas alegou que membros da inteligência militar e das forças armadas ucranianas “envolvidos” no ataque de Belgorod estavam lá, bem como “mercenários estrangeiros”.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas chegou a se reuniu, no sábado (30), às 18h de Brasília, para discutir o ataque em Belgorod e que Moscou atribui à Ucrânia, informou a missão russa na ONU. 




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ano-novo-2024:-veja-fotos-das-festas-de-reveillon-pelo-mundo

G1 Mundo

Ano Novo 2024: veja FOTOS das festas de réveillon pelo mundo

As comemorações do Ano Novo 2024 já começaram pelo mundo. Os primeiros países a celebrar o Ano Novo ficam na região do Pacífico e da Oceania. Depois, comemoram o réveillon os países da Ásia, da África e da Europa. No Brasil, o Rio prepara 12 minutos de fogos e shows em Copacabana. Em SP, a festa ocorre na Paulista com o hit 'Evidências'. Balneário Camboriú, em SC, promete um grande […]

today31 de dezembro de 2023 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%