G1 Santos

Motorista pode pagar até R$ 706 por mês no pedágio mais caro do Brasil; saiba o motivo do valor

today30 de junho de 2023 5

Fundo
share close

O aumento programado para este sábado (1) no pedágio mais caro do Brasil, no Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), que liga o litoral de São Paulo à capital, pode fazer com que um motorista gaste até R$ 706 por mês, se este fizer um bate e volta a trabalho durante os cinco dias da semana. O valor passará dos R$ 33,80 para R$ 35,30 – preço para veículo de dois eixos, de passeio.

O reajuste de R$ 1,50, de acordo com a Ecovias, concessionária que administra o SAI, foi definido pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), conforme previsto em contrato. Na mesma data, as tarifas em outras rodovias do Estado de São Paulo também sofrerão mudança.

A concessionária explicou que a alta de 4,4% foi com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – um dos índices da inflação.



Em dezembro de 2022, o valor do pedágio no SAI já havia aumentado de R$ 30,20 para R$ 33,80. Em seis meses, portanto, o valor cobrado saltou de R$ 30,20 para R$ 35,30 – alta de 16,88%.

A diferença de R$ 5 por dia para o motorista que precisa passar pelo trecho diariamente ao longo da semana para trabalhar o faz gastar R$ 100 a mais. As praças de pedágio do SAI ficam no Km 31 da Via Anchieta e Km 32 da Rodovia dos Imigrantes.

Em seis meses o valor do pedágio aumentou 16,88%, passou de R$ 30,20 para R$ 35,30 — Foto: A Tribuna Jornal

De acordo com a Ecovias, o reajuste aplicado com base no IPCA “visa mitigar o impacto de desequilíbrios econômico-financeiros em contratos de delegação de serviços públicos”.

A empresa tem a concessão há 25 anos ressalta ter investido R$ 8,6 bilhões nas rodovias e realizado mais de 3 milhões de socorros em pista. Além de ressaltar as ações realizadas nas pistas e nos serviços prestados aos motoristas, a concessionária diz trabalhar em quatro frentes de obra no SAI.

A empresa cita as obras da entrada de Santos; melhorias no trecho urbano de São Vicente, que incluem serviços de macrodrenagem, iluminação e acessos; construção do acesso ao Jardim Casqueiro em Cubatão; e obras de recuperação profunda de pavimento na Via Anchieta, na região do ABCD, e na Cônego Domênico Rangoni, na Baixada Santista.

Os pedágios das rodovias Cônego Domênico Rangoni e a Padre Manoel da Nóbrega terão um aumento de R$ 0,70 e R$ 0,50, respectivamente. (Veja abaixo)

Reajuste nos pedágios

Nome da rodovia Código Cidade Km Valor atual Novo valor
Cônego Domênico Rangoni SP-055 Santos 250+464 R$ 15,80 R$ 16,50
Padre Manoel da Nóbrega SP-055 São Vicente 279+950 R$ 9,20 R$ 9,70
Anchieta SP-150 Riacho Grande 031+106 R$ 33,80 R$ 35,30
Rodovia dos Imigrantes SP-160 Piratininga 032+381 R$ 33,80 R$ 35,30

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

franca-passa-pela-terceira-noite-de-protestos

G1 Mundo

França passa pela terceira noite de protestos

Mais de 400 pessoas tinham sido presas em todo país até às 3h (22h, horário de Brasília). De acordo com autoridades, a maior parte das pessoas detidas são jovens entre 14 e 18 anos. No país inteiro, foram mobilizados 40 mil policiais. Não há indicação de que esse contingente vai inibir os protestos, no entanto. Em Nanterre, cidade de classe trabalhadora nos arredores ocidentais de Paris, onde o jovem de […]

today29 de junho de 2023 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%