G1 Santos

Mulher quebra o fêmur ao ser atropelada por patinete elétrico no litoral de SP

today31 de janeiro de 2024

Fundo
share close

O caso aconteceu por volta das 19h de domingo (28), na Praça do Surfista, na Avenida Presidente Wilson, em Santos. Em um vídeo enviado à TV Tribuna, emissora afiliada da Globo, Vivian disse que uma mulher e uma criança estavam em cima do equipamento em alta velocidade.

A professora estava com uma amiga, esperando uma outra colega, para ir ao show do Jota Quest na praia do Gonzaga, quando foi atingida.

Do nada, veio uma mulher com uma patinete desgovernado. Não deu tempo de nada porque quando ela falou ‘aí meu Deus’ ou alguma coisa nesse sentido, ela já estava em cima de mim e nos atropelou”, afirmou. A amiga de Vivian que também foi atingida pelo patinete, mas não ficou ferida.



Mulher quebrou o fêmur ao ser atropelada por patinete elétrico em Santos (SP) — Foto: Arquivo Pessoal/Fernanda Guerra

A professora caiu com a perna dobrada e quebrou o fêmur. Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP) informou que a Polícia Militar (PM) atendeu a ocorrência e solicitou apoio da unidade de resgate. A vítima foi levada ao Pronto-Socorro da Santa Casa de Santos.

De acordo com a autoridade policial, os envolvidos relataram o ocorrido aos policiais militares e preferiram não ir até a delegacia registrar um boletim de ocorrência.

A filha de Vivian, a administradora de condomínios Alice Inácio de Oliveira, de 23 anos, contou ao g1 que as amigas da mãe anotaram o contato do marido da mulher que conduzia o patinete elétrico. Porém, ao tentar ligar, foi constatado que o número de telefone não existia. “Não sabemos se o marido da mulher informou o número errado por conta do nervosismo do momento”, disse ela.

Segundo Alice, a cirurgia de Vivian foi marcada para às 8h desta quarta-feira (31). Mas, a mãe apresentou um quadro de anemia. Por isso, a professora precisou de uma transfusão de sangue e entrou na sala de cirurgia um pouco mais tarde.

Em nota, a Santa Casa de Santos informou que a paciente está internada há três dias. Vivian está recebendo assistência da equipe multiprofissional da unidade de saúde. A instituição não tem autorização para prestar maiores informações sobre o estado de saúde.

Mulher precisou de uma transfusão de sangue e passou por uma cirurgia após ser atropelada por patinete elétrico — Foto: Reprodução/TV Tribuna e Thaís Rozo/TV Tribuna

Vivian, que mora em São Vicente, terá que ficar afastada do trabalho em Cubatão por, ao menos, um semestre. Ela trabalha com crianças e, por conta do fêmur, não conseguirá pegá-las no colo por um tempo.

Estou com muita dor e é algo assim que eu não esperava. A minha vida parou. Vou ter que me afastar do meu trabalho […]. Eu gostaria que as autoridades tomassem providências porque eu não sou a primeira e não vou ser a última”, disse Vivian.

A mulher que conduzia o equipamento não foi localizada.

A Prefeitura de Santos informou que o caso mencionado não foi registrado pela CET-Santos e/ou pela Guarda Civil Municipal (GCM), bem como ambos os órgãos municipais não foram acionados nem pela referida vítima e nem pelas autoridades policiais, que respondem pela investigação dos acidentes de trânsito e eventual penalização dos autores. O Samu de Santos também não atendeu a ocorrência.

Segundo a prefeitura, a fiscalização do trânsito na malha urbana é dinâmica, assim como as rondas da GCM. A CET-Santos disponibiliza o telefone 08007719194 para comunicação de ocorrências. Já a GCM pode ser acionada pelo telefone 153, e a PM pelo telefone 190.

Sobre a circulação de patinetes elétricos, as pessoas devem seguir as regras previstas em lei federal, que são:

  • em áreas de circulação de pedestres, a velocidade máxima é 6 km/h;
  • em ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas, velocidade máxima de 20km/h;
  • em vias com velocidade máxima regulamentada de até 40 km/h, pelo bordo da pista (desde que a via não possua ciclovia, ciclofaixa ou ciclorrota).

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

governo-federal-abre-escritorio-para-atendimento-aos-empreendedores-da-baixada-santista,-sp

G1 Santos

Governo federal abre escritório para atendimento aos empreendedores da Baixada Santista, SP

O Ministério do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte (MEMP), do Governo Federal, inaugurou um escritório em Santos, no litoral de São Paulo, para atendimento aos empreendedores da Baixada Santista. A cerimônia de inauguração contou com a presença do ministro Márcio França. O Escritório de Representação do Ministério foi inaugurado, nesta terça-feira (30), na sede do Sindicato do Comércio Varejista da Baixada Santista e Vale do Ribeira. […]

today31 de janeiro de 2024 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%