G1 Mundo

Mulher sequestrada na infância reencontra família após 51 anos

today30 de novembro de 2022 35

Fundo
share close

Cinquenta e um anos depois de Melissa Highsmith ter sido sequestrada quando criança, ela se reuniu com sua família em uma confluência de eventos que ela chama de “um milagre de Natal”. “Tenho que ficar me beliscando”, afirmou a norte-americana.

Em 1971, Melissa, de 21 meses, foi levada de seu apartamento em Fort Worth, Texas, nos Estados Unidos, por sua babá, segundo a “WFAA”, afiliada da “ABC” Dallas. Sua mãe, Alta Apantenco, tinha apenas 21 anos na época e disse que passou anos se sentindo culpada e com depressão após o sequestro.

A família de Melissa continuou procurando por ela, mesmo décadas depois, segundo a mídia local. A persistência valeu a pena quando receberam recentemente uma denúncia anônima de que Melissa estava morando nas proximidades de Charleston, Carolina do Sul, de acordo com a estação de notícias “WCIV” de Charleston.



Ela descobriu que era considerada desaparecida quando um parente entrou em contato com ela pelo Facebook com uma mensagem que ela temia ser uma farsa. Depois de confirmar sua identidade por meio de um teste de DNA realizado pela plataforma 23andMe, Melissa se reuniu com sua mãe, pai e dois de seus quatro irmãos no Texas.

Todo este tempo, elas estavam vivendo muito perto uma da outra. “A menos de 20 minutos”, contou Apatenco.

Melissa foi criada com o nome de Melanie e caracterizou sua situação como abusiva. “Fugi de casa aos 15 anos e fui morar na rua. Fiz o que precisei para sobreviver”, disse. “O que significa que trabalhei nas ruas.”

As ramificações legais para a babá que levou Highsmith não são claras. O estatuto de limitações para processos criminais expirou 20 anos após o aniversário de 18 anos de Highsmith, de acordo com reportagem do “The Guardian”.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

cirurgioes-realizam-operacoes-a-luz-de-lanternas-na-ucrania

G1 Mundo

Cirurgiões realizam operações à luz de lanternas na Ucrânia

Duda não teve escolha a não ser continuar trabalhando apenas com uma lanterna para iluminar. As luzes voltaram quando um gerador entrou em ação três minutos depois, mas pareceu uma eternidade. “Esses minutos fatídicos poderiam ter custado a vida do paciente”, disse o cirurgião oncológico à Associated Press. A operação na principal artéria do paciente ocorreu em 15 de novembro, quando a cidade no oeste da Ucrânia sofreu blecautes quando […]

today30 de novembro de 2022 26

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%