G1 Mundo

Não sabemos o que são os ruídos, diz Guarda Costeira

today21 de junho de 2023 7

Fundo
share close

No domingo (18), um submarino turístico com cinco tripulantes que fazia uma viagem até os escombros do Titanic, a 3.800 metros de profundidade, perdeu contato com a superfície. A Guarda Costeira dos EUA está liderando as operações de busca.

Em entrevista coletiva, o capitão Jamie Frederick, da Guarda Costeira dos EUA também que até agora não se pode nem dizer com precisão de onde vêm os ruídos e que não sabe onde está o submarino.

“Não sabemos onde eles estão, para ser sincero. A operação é incrivelmente complexa”, afirmou o capitão.



Dificuldade para discernir os ruídos

Um especialista da Guarda Costeira dos EUA afirmou que é difícil discernir fontes de ruídos, mas há múltiplos sensores, e as melhores pessoas do mundo estão analisando os dados.

Os representantes da Guarda Costeira deixaram claro, no entanto, que não se sabe o que são esses ruídos.

Cada ruído está sendo analisado, buscam-se padrões, mas determinar a fonte desses barulhos é algo muito complexo no oceano, é preciso fazer uma análise acústica detalhada. Os ruídos parecem ser de batidsa, mas é preciso ter todo o contexto afirmou o especialista.

“Posso dizer pela minha experiência que há sons biológicos, mas as pessoas que ouviram os ruídos são treinados. Há também navios na região, e isso precisa ser eliminado. A equipe está fazendo buscas na região correta. É preciso buscar a área correta, é o melhor que se pode fazer”, disse ele.

Guarda Costeira dos EUA diz que o submarino desaparecido tem pouco mais de 30 horas de oxigênio — Foto: Reprodução/TV Globo

Os navios e aviões que participam das buscas foram redistribuídos na tentativa de encontrar a origem desses ruídos.

O mais importante, ele diz, é que estão sendo feitas buscas na área onde foram ouvidos os ruídos.

O que já foi dito sobre os ruídos

Mais cedo, foi informado que ruídos subaquáticos que se assimilam a batidas, com intervalos de 30 minutos, foram captados durante buscas pelo submarino.

Os mesmos sons se repetiram cerca de quatro horas depois do primeiro registro.

Há cinco navios em busca do submarino atualmente. As autoridades esperam mais cinco nos próximos dois dias. Dois “ROVs” – veículos operados remotamente – estão fazendo buscas, e vários outros chegarão na manhã de quinta-feira, disse ele.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ruidos-que-podem-ser-de-submarino-desaparecido-foram-capturados-novamente-nesta-quarta,-diz-guarda-costeira

G1 Mundo

Ruídos que podem ser de submarino desaparecido foram capturados novamente nesta quarta, diz Guarda Costeira

Foram aviões canadenses que detectaram os ruídos. As buscas pelo submarino desaparecido perto do naufrágio do Titanic se concentram justamente onde esses barulhos foram capturados, embora os oficiais tenham dito que ainda não se pode dizer com certeza que os sons são do submarino que sumiu. Apesar de a operação ter sido reajustada em função desses ruídos, os responsáveis pelas buscas admitem que ainda não se sabe com certeza se […]

today21 de junho de 2023 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%