G1 Mundo

Navalny foi envenenado em voo e confinado na Sibéria, e seu fim parecia estar sempre próximo

today16 de fevereiro de 2024 2

Fundo
share close

Mais proeminente opositor de Putin, ativista era o único dissidente capaz de mobilizar os russos e pagou por isso.


Alexei Navalny era o único dissidente capaz de mobilizar os russos contra Vladimir Putin. — Foto: Pavel Golovkin/AP e Mikhail Klimentyev/Sputnik/AFP



Quantas vezes ouvimos nos últimos anos notícias sobre prisões e desaparecimentos e morte de Alexei Navalny? O fim do opositor russo mais proeminente de Vladimir Putin parecia estar sempre próximo e finalmente concretizou-se nesta sexta-feira (16), aos 47 anos, numa prisão longínqua do Ártico, onde estava confinado e cumpria penas de 30 anos, supostamente por fraudes, financiamento de atividades extremistas e outros crimes que se resumiam a um adjetivo: o de crítico do Kremlin.

Navalny incomodava por ser considerado o único dissidente capaz de mobilizar os russos. Na década passada era frequente vê-lo algemado em protestos que denunciavam a corrupção e o cerceamento da liberdade no regime. Pagou um preço alto por isso.

Alexey Navalny, principal opositor de Putin na Rússia, morre na prisão

Alexey Navalny, principal opositor de Putin na Rússia, morre na prisão

Em 2020, foi envenenado durante um voo com o agente nervoso Novichok, produzido na era soviética e banido como arma química letal. Entrou em coma e, tratado na Alemanha, esteve à beira da morte. Um ano depois, voltou à Rússia e foi encarcerado — situação que não via perspectiva de sair enquanto Putin estivesse no comando do país.

“Eu gostaria de ser presidente, mas não há eleições na Rússia”, declarou Navalny numa entrevista à Reuters.

Imagens do opositor enjaulado em julgamentos enganosos anteviam um desfecho semelhante ao de outros opositores.

“Putin tentou e não conseguiu assassinar Navalny rápida e secretamente com veneno e agora o assassinou lenta e publicamente na prisão. Ele foi morto por expor Putin e sua máfia como os bandidos e ladrões que são”, resumiu o ex-campeão de xadrez Gary Kasparov.

Foto de arquivo mostra líder oposicionista russo, Alexei Navalny, durante audiência em tribunal via link de vídeo — Foto: Evgenia Novozhenina/REUTERS

As reações à sua morte convergem na mesma direção – a do presidente russo. Quantas vezes ouvimos o mesmo em relação a outras vozes críticas ao Kremlin que acabaram silenciadas? (Clique no link abaixo e veja alguns casos)




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

hospital-diz-que-tentou-reanimar-navalny-por-mais-de-30-minutos;-mae-afirma-que-o-viu-‘vivo,-saudavel-e-feliz’-na-segunda

G1 Mundo

Hospital diz que tentou reanimar Navalny por mais de 30 minutos; mãe afirma que o viu ‘vivo, saudável e feliz’ na segunda

"Levou menos de sete minutos para a equipe de ambulância chegar lá (na prisão)", disse o hospital. Segundo o hospital, os médicos levaram mais 2 minutos para começar a atender Navalny dentro da prisão. Então, as equipes tentaram a reanimação por mais de meia hora. "No entanto, o paciente faleceu", completou. Navalny morreu nesta sexta-feira (16) após se sentir mal, informou o serviço penitenciário de Yamalo-Nenets, na região ártica da […]

today16 de fevereiro de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%